Ix congresso brasileiro de microondas e optoeletrônica



Baixar 8,11 Kb.
Encontro06.07.2018
Tamanho8,11 Kb.

RESUMOS DO XXIX SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFPA.


ASPECTOS RELATIVOS À SAÚDE NA PERSPECTIVA DE CUIDADORAS DE CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL
Patrícia da Silva BEZERRA (Bolsista PIBIC/CNPq) - patriciasilvabs@mail.com

Curso de Bacharelado em Serviço Social, Faculdade de Serviço Social, Instituto de Ciências Sociais Aplicadas.


Prof. Drª. Simone Souza da Costa SILVA (Orientadora) - symon.ufpa@gmail.com

Curso de Psicologia, Laboratório de Ecologia do Desenvolvimento, Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento.


O objetivo desta pesquisa foi descrever a percepção de cuidadoras de crianças com Paralisia Cerebral (PC) sobre aspectos relacionados à saúde. Trata-se de um estudo descritivo de caráter quali-quantitativo. A coleta dos dados ocorreu durante uma intervenção realizada com 12 mães de crianças com PC atendidas pelo serviço de um hospital da cidade de Belém/PA. As sessões de intervenção foram gravadas e, posteriormente transcritas no Software Word para análise. Foi aplicado um Inventário Sócio Demográfico com vistas a conhecer o perfil das participantes, que foi tabulado no Software Excel para análise. Os resultados mostraram que 100% das cuidadoras são naturais do estado do Pará, 75º vivem em Belém e 15% em cidades próximas, além disso, 75% não possuem plano de saúde e 25% possuem. As cuidadoras demonstraram percepções negativas em relação aos profissionais que deram o diagnóstico da PC. Observou-se um desconforto que pode ter sido ocasionado em função da forma como o diagnóstico foi apresentado. Além da repercussão complexa e imprevisível do diagnóstico poucos profissionais são capacitados para dar o diagnóstico de uma deficiência. Apesar disso, foi identificada uma percepção mais positiva das cuidadoras quanto aos profissionais que atenderam as crianças nos primeiros estágios do desenvolvimento. Além disso, foi identificado que as cuidadoras têm muitas dúvidas relacionadas à deficiência, que não têm sido sanadas de forma satisfatória pelos profissionais de saúde. A literatura aponta para a importância do apoio à família por parte dos profissionais de saúde, que precisam estar junto dela, respeitando seus limites, dificuldades, crenças e valores, e que isso influencia diretamente no cuidado oferecido pela família a criança com deficiência.
Palavras-chave: Paralisia cerebral, percepção das cuidadoras, condições de saúde.
Titulo do projeto do orientador: Saúde de famílias com crianças com paralisia cerebral: uma investigação da rede de apoio, do estresse familiar, resiliência e relações coparentais – Uma proposta de intervenção.

Classificação do trabalho na Tabela de Áreas do Conhecimento no CNPq.

Grande-área: Ciências Humanas

Área: Psicologia



Sub-área: Psicologia do desenvolvimento
: resumos
resumos -> Felicidade em busca de um modelo animal
resumos -> Estudos sobre o luto na abordagem centrada na pessoa (2005-2015): revisão integrativa da literatura
resumos -> Estudos sobre o luto na abordagem gestáltica (2005-2015): revisão integrativa da literatura
resumos -> Sobre divãs e altares: psicologia e psicanálise nos movimentos evangélicos brasileiros
resumos -> AdoçÃO: GÊnero, cidadania e direitos humanos
resumos -> Cuidados paliativos no cenário nacional: a legislaçÃo no âmbito do sus e a inserçÃo do psicólogo
resumos -> Teste de visão de cores a partir da discriminaçÃo por singularidade de estímulos pseudoisocromáticos
resumos -> Sigmund freud e theodor adorno: um diálogo sobre a psicologia das massas
resumos -> Análise das visitas familiares em um espaço de acolhimento de belém- pa


Compartilhe com seus amigos:


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal