Integração nos atendimentos da Psicologia e Pedagogia realizados no Unisalesiano lins



Baixar 132,53 Kb.
Página6/8
Encontro04.03.2018
Tamanho132,53 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8
CRITÉRIOS DIAGNÓSTICOS

Um padrão de humor raivoso/irritável, de comportamento questionador/desafiante ou índole vingativa com duração de pelo menos seis meses, como evidenciado por pelo menos quatro sintomas de qualquer das categorias seguintes e exibido na interação com pelo menos um indivíduo que não seja um irmão.
HUMOR RAIVOSO/IRRITÁVEL

1. Com frequência perde a calma.

2. Com frequência é sensível ou facilmente incomodado.

3. Com frequência é raivoso e ressentido.



COMPORTAMENTO QUESTIONADOR/DESAFIANTE

4. Frequentemente questiona figuras de autoridade ou, no caso de crianças e adolescentes, adultos.

5. Frequentemente desafia acintosamente ou se recusa a obedecer a regras ou pedidos de figuras de autoridade.

6. Frequentemente incomoda deliberadamente as pessoas.

7. Frequentemente culpa outros por seus erros ou mau comportamento.
ÍNDOLE VINGATIVA

8. Foi malvado ou vingativo pelo menos duas vezes nos últimos seis meses.


A persistência e a frequência desses comportamentos devem ser utilizadas para fazer a distinção entre um comportamento dentro dos limites normais e comportamento sintomático. No caso de crianças com idade abaixo de 5 anos, o comportamento deve ocorrer na maioria dos dias durante um período mínimo de seis meses, exceto se explicitado de outro modo.(Critério 8) No caso de crianças com 5 anos ou mais, o comportamento deve ocorrer pelo menos uma vez por semana durante no mínimo seis meses, exceto se explicitado de outro modo. (Critério 8). Embora tais critérios de frequência sirvam de orientação quanto a um nível mínimo de frequência para definir os sintomas, outros fatores também devem ser considerados, tais como, se a frequência e a intensidade dos comportamentos estão fora de uma faixa normativa para o nível de desenvolvimento, o gênero e a cultura do indivíduo.

  1. A perturbação no comportamento está associada a sofrimento para o indivíduo ou para os outros em seu contexto social imediato (p. ex. família, grupo de pares, colegas de trabalho) ou causa impactos negativos no funcionamento social, educacional, profissional ou outras áreas importantes da vida do indivíduo.

  2. Os comportamentos não ocorrem exclusivamente durante o curso de um transtorno psicológico, por uso de substância. Depressivo ou bipolar. Além disso, os critérios para transtorno disruptivo da desregulação do humor não são preenchidos.



: universitaria -> avaliacao -> no15
no15 -> The contributions assisted activity for animals on psychosocial child development
no15 -> Teacher and ethic in education
no15 -> The learning process and the crossings of medicalization: a look of pedagogy graduation students
no15 -> Affirmative action and promotion of racial equality
no15 -> O impacto da dependencia quimica na familia
no15 -> The impacts of psychological care in victims of sexual abuse in the perspective of psychologists that work in the city of lins
no15 -> Qualidade de vida dos professores do ensino fundamental Quality of life of fundamental teaching teachers
no15 -> O perfil do ingressando do curso de psicologia: o refelexo da mudança do sistema pedagógico do ensino médio para ensino superior the profile of the ingressant of the psychology course
no15 -> The influence of spirituality in the mourning process


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal