Instituto de desenvolvimento educacional do alto uruguai faculdades ideau


Keywords: Psychology, Areas, Traffic. 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS



Baixar 247,19 Kb.
Página3/11
Encontro04.03.2018
Tamanho247,19 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11
Keywords: Psychology, Areas, Traffic.
1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS
Segundo Bock, Furtado e Teixeira (2008) A Psicologia teve suas origens na Grécia Antiga por volta de 700 a.C. Mas foi com Sócrates em 469-399 a.C. que as ideias começaram a ser formadas e logo depois seus discípulos e outros filósofos começaram a se interessar mais por esse mistério que era a mente humana. Mas foi só com Wilhelm Wundt 1832-1920 que a Psicologia passou a ser vista como ciência, pois Wundt criou o laboratório de Psicologia na Universidade de Leipzig, na Alemanha em 1879 no qual pode-se dedicar ao estudo ciêntifico da Psicologia. A partir dai, várias teorias á respeito da Psicologia e da vida psíquica do indivíduo foram sendo criadas, dentre elas a Humanista, Cognitiva, Behaviorista, Gestalt e Psicanálise.

Apesar de ser muito antiga, a Psicologia é considerada uma ciência nova. No Brasil, ela só foi reconhecida como profissão em 1962. A partir desse momento, várias áreas de atuação da Psicologia foram se formando, entre elas a Psicologia Clínica, Hospitalar, do Esporte, Escolar, Social, Organizacional, Jurídica e a do Trânsito.

Dentro desse contexto, e após verificar as diversas áreas de atuação do psicólogo, foi escolhida a área da Psicologia do Trânsito para ter maior ênfase no trabalho, por ainda ser uma área que não tem o destaque e reconhecimento. Já que a maior função dos psicólogos do trânsito é a avaliação e preparação do psicológico das pessoas que estão prestes a tirar a carteira, fazendo com que essas tenham um melhor preparo para a vida no trânsito, tentando prevenir assim, o maior número possível de acidentes.

Para tornar possível este trabalho, foram utilizadas as seguintes técnicas: pesquisas bibliográficas para melhor entendimento sobre a origem e desenvolvimento da Psicologia no seu âmbito social, também foi averiguado em artigos científicos alguns dados verídicos para contribuir com o presente trabalho, além das aulas em sala, dadas pelos professores, e outras técnicas como o uso de uma enquete, a qual foi feita para quatro psicólogos do sexo feminino, de faixa etária de vinte e cinco á trinta e seis anos, das áreas Social e Clínica, que trabalham em CRAS e cliníca de especialização cognitivo comportamental há mais de cinco anos, na região do Alto Uruguai. A enquete foi executada com perguntas abertas e fechadas, tratando-se assim de uma pesquisa com análise qualitativa e descritiva dos dados.

A apresentação deste artigo será realizado a uma banca de professores, e aos acadêmicos do primeiro semestre de Psicologia, utilizando a técnica de expressão oral, a demonstração de slides, e o uso do banner, o qual irá especificar o projeto e seu objetivo principal. Dentro desta exposição de conhecimento, será entregue à banca um roteiro, do andamento do trabalho realizado, para melhor entendimento.

Diante deste presente trabalho, o qual tem por objetivo mostrar a visão dos acadêmicos de Psicologia do primeiro semestre da Faculdade IDEAU com um olhar mais amplo e detalhista, visando demonstrar as suas principais áreas de atuação, seu histórico e avanço, além de mostrar a importância da Psicologia do Trânsito no contexto do mundo atual, no qual cada dia mais, pessoas morrem por acidentes de trânsito.






Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal