InformaçÕes sobre a avaliaçÃo psicológica e 5ª retificaçÃo do edital – data de publicaçÃo dos candidatos recomendados para a eleiçÃo após avaliaçÃo psicológica



Baixar 9,56 Kb.
Encontro05.12.2019
Tamanho9,56 Kb.

INFORMAÇÕES SOBRE A AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA E 5ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL – DATA DE PUBLICAÇÃO DOS CANDIDATOS RECOMENDADOS PARA A ELEIÇÃO APÓS AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA.

 

O processo de avaliação psicológica consistirá na aplicação de instrumentos que explicitem de forma inequívoca as características emocionais, motivacionais e de personalidade, considerando as necessidades, exigências e peculiaridades da área de atuação.


A referida avaliação será dividida em duas fases, que são: Aplicação da bateria de testes psicológicos (Personalidade, Atenção e Inventário) e a entrevista individual.

A entrevista individual será realizada por Psicólogo com um candidato por vez.


Ao final da avaliação psicológica, será considerado INDICADO, o candidato que demonstrar adequado ao perfil, após participar de todas as fases de tal avaliação.
A resposta à entrevista devolutiva será fornecida em data e horário designado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente para o RH da Prefeitura Municipal, para que os interessados possam ter acesso às informações sobre os instrumentos utilizados nos testes que resultaram no motivo da contra indicação.
Antes da divulgação do resultado, o candidato poderá ser chamado para ser submetido a procedimento complementar de avaliação.
A contra-indicação na avaliação psicológica, não pressupõe a existência de transtornos mentais. Indica, tão somente, que o candidato avaliado não atende o perfil exigido para as funções de Conselheiro Tutelar.
Não se realizará qualquer teste ou etapa da avaliação psicológica fora dos espaços físicos estabelecidos para os testes e entrevistas bem como não será dado nenhum tratamento privilegiado, nem será levada em consideração qualquer alteração, psicológica ou fisiológica passageira, na realização dos testes, na data estabelecida para realização da avaliação psicológica.
Não haverá segunda chamada, independente do motivo alegado pelo candidato.
O candidato deverá apresentar-se na avaliação psicológica munido de documento de identidade, uma foto 3x4, dois lápis no. 2 e caneta esferográfica azul ou preta.
Não serão aceitos testes psicológicos e laudos realizados por outro psicólogo que não seja credenciado pela Prefeitura Municipal de Monsenhor Paulo para este processo de avaliação psicológica.

O nome dos testes não foram divulgados e nem informados aos candidatos antes da realização da avaliação.


Psicólogo: Rogério Gregório

Local das Avaliações: DMEC

Data da realização dos testes: 02/09/15 das 13h às 17h

Data da entrevista: 03/09/15 das 13h às 17h



Resultado das Avaliações: 16/09/15 (Publicado no site)

Compartilhe com seus amigos:


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal