Inclusão e Prática Pedagógica: diagnósticos de Transtornos Hipercinéticos e seus efeitos no cotidiano das escolas públicas do Litoral Norte da Paraíba



Baixar 43.97 Kb.
Página1/4
Encontro09.08.2018
Tamanho43.97 Kb.
  1   2   3   4

Inclusão e Prática Pedagógica: diagnósticos de Transtornos Hipercinéticos e seus efeitos no cotidiano das escolas públicas do Litoral Norte da Paraíba
LIMA¹, Adriana Santos

LIMA, Aline Santos

SILVA², Daiana Mariano da

GARCIA³,Renata Monteiro


1. INTRODUÇÃO

Os chamados Transtornos Hipercinéticos (Organização Mundial da Saúde, 1997) têm se constituído como principais justificativas para a indiscriminada medicalização de nossas crianças. Os comportamentos indesejados tais como a inquietude, a desatenção e a agitação, são tratados como desordens químicas. Interpretações como esta negam a compreensão de todo um contexto multifatorial para sucumbir à intervenção “mágica” da droga prescrita, que torna a criança um bom aluno (MOYSES e COLARES, 2012).

Os debates que envolvem o tema da inclusão escolar como política pública precisam aprofundar o olhar sobre a os diagnósticos e intervenções que se têm produzido em nome de uma classificação nosológica pautada em frágeis alicerces, que favorece a indústria farmacêutica e está cercada por críticas produzidas por diversos campos do conhecimento(MOYSES e COLARES, 2002).

.A relação entre a demanda pelo diagnóstico de Transtornos Hipercinéticos e o modo como este é recebido pela Escola constitui-se importante analisador da gestão de política de inclusão. Importa compreender as relações de poder que operam não só pelo discurso médico, mas que se presentificam nas práticas pedagógicas que demandam por diagnósticos e prescrição de medicamentos para lidar com a diferença. Assim, perceber os arranjos políticos, subjetivos e institucionais que permeiam estas questões pode tornar-se uma possibilidade de forjar novas práticas educacionais.

Esta pesquisa objetivou, de modo geral, analisar de que maneira o diagnóstico de Transtorno Hipercinético, e os discursos e práticas ligados a ele, interferem em arranjos institucionais, práticas educativas e na produção de subjetividades em algumas escolas públicas de Ensino Fundamental da rede pública do Litoral Norte da Paraíba.

O procedimento metodológico deste trabalho se deu através do contato inicial com as escolas da região, entrevistas semi-estruturadas com os professores de algumas escolas municipais do Litoral Norte, análise das entrevistas a partir do referencial teórico da Psicologia Sociohistorica. Foram entrevistados 05 professores de duas escolas públicas de diferentes municípios da região.



Catálogo: enex -> XVENID -> PROLICEN
PROLICEN -> Jovens e Adultos educação e trabalho: escuta e orientação psicossocial na escola pública
PROLICEN -> A escolha Profissional na Perspectiva Fenomenológica Existencial – Uma Experiência em Escola Pública
PROLICEN -> A ludicidade desenvolvendo habilidades nas crianças
PROLICEN -> Departamento de psicologia
PROLICEN -> Desenvolvimento de um Programa de Orientação Profissional: a Maturidade para Escolha em Questão
PROLICEN -> L idando com os desafios de uma escolha profissional: uma proposta interventiva na era da incerteza
PROLICEN -> Bullying nãO É brincadeira: valores humanos e atitudes frente ao bullying
PROLICEN -> Habilidades sociais educativas como recurso imprescindível no processo de formaçÃo docente inicial
PROLICEN -> Programa de desenvolvimento de habilidades sociais educativas na formaçÃo docente inicial e os estilos de desempenho social
PROLICEN -> AvaliaçÃo da expressão de raiva em reeducandos da cidade de joão pessoa

Baixar 43.97 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
Conselho nacional
minas gerais
terapia intensiva
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
Colégio estadual
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
extensão universitária
língua portuguesa