Inclusão digital na terceira idade



Baixar 72,9 Kb.
Encontro15.08.2018
Tamanho72,9 Kb.

13ª Mostra da Produção Universitária

.

Rio Grande/RS, Brasil, 14 a 17 de outubro de 2014.


INCLUSÃO DIGITAL NA TERCEIRA IDADE
SILVA, Viviane Crisel da

SANTOS, Kauane Maciel dos

SOUZA, Senna Marcia

BRAGA,Thiago Boffa Barroso

MENEZES, Priscila de Araújo

LEÃO, Denise Maria Maciel (orientador)

vivianecrisel@yahoo.com.br

Evento: XVII Seminário de Extensão

Área do conhecimento: 7.08.00.00-6 Educação

Palavras-chave: terceira-idade; informática; inclusão-digital.
1 INTRODUÇÃO
O computador e a internet trouxeram inúmeros benefícios na vida cotidiana atual, entretanto, ainda existem populações específicas excluídas da era digital. Os idosos estão entre os que menos fazem uso do computador e da internet, sendo privados de desfrutar dos benefícios que essas tecnologias oferecem.

O presente estudo visa apresentar o curso de informática oferecida pelo Núcleo Universitário da Terceira Idade NUTI/FURG que tem como principal objetivo contribuir para a inclusão digital dos idosos do Município de Rio Grande (RS).


2 REFERENCIAL TEÓRICO
De acordo com Bez, Pasqualotti e Passerino (2006), o mundo da tecnologia pode se tornar mais um elemento de exclusão para o idoso, tirando-lhe a oportunidade de participar do presente, colocando-o no tempo da geração anterior. Para se inserir na sociedade atual é preciso ter acesso à linguagem da informática, dispondo dela para se libertar do farto de ser visto como um indivíduo ultrapassado e descontextualizado do mundo atual. Diante disso, se torna necessário o desenvolvimento de cursos de informática voltados para a população idosa.

A utilização do computador e da internet traz uma série de benefícios para a população idosa, visto que por meio do uso de novas tecnologias, podem ter acesso a novos conhecimentos, atualizar-se com facilidade, manter contato com pessoas, melhorar seu lazer e sua autoestima. Além disso, o uso do computador promove maior participação social do idoso, podendo inclusive minimizar a solidão e o isolamento, além de estimular a memória e a concentração. (Silva, 2007) O que justifica, portanto, a realização de projetos de extensão como o NUTI.


3 PROCEDIMENTO METODOLÓGICO
O Núcleo Universitário da Terceira Idade (NUTI) disponibiliza cursos de informática voltadas para a terceira idade. Atualmente são oferecidas duas turmas, uma de nível básico e outra de nível avançado. As aulas ocorrem duas vezes por semana com duração de uma hora aula, no laboratório de informática do prédio da psicologia. Fazem parte do projeto cinco alunos bolsistas. A turma básica é composta de sete alunos frequentes enquanto que a turma avançada possui em média treze alunos frequentes.

Os conteúdos do curso de informática iniciam com ensinamentos básicos sobre o hardware (componentes que compõem o computador e suas funções) e como se deve ligar/ desligar o computador. O curso se divide em dois grandes módulos. No primeiro módulo são trabalhados aspectos básicos do computador como criar/excluir pastas, utilizar a lixeira, alterar data/hora do computador, alterar plano de fundo, manusear na calculadora e digitar textos nos processadores de textos. No segundo módulo são trabalhados aspectos relacionados à internet, tais como: identificar os navegadores, utilizar sites de pesquisa, gerenciar e-mail e utilizar redes sociais.

As aulas, no geral, são realizadas de maneira expositiva com o auxílio do projetor. Um bolsista fica responsável por essa função enquanto os demais auxiliam os idosos com suas dúvidas.
4 RESULTADOS e DISCUSSÃO
O projeto encontra-se em andamento, no entanto, foram percebidos avanços nos conhecimentos que os idosos demonstram. Atividades como desligar/ligar o computador, manusear o mouse e realizar pesquisas na internet já são realizadas com autonomia, demonstrando que necessitam cada vez menos do auxílio dos monitores. Apesar dos avanços, os idosos ainda possuem algumas dificuldade com softwares e ferramentas disponíveis no computador e na internet. Espera-se que ao fim do curso de informática que os idosos possam utilizar com eficiência e autonomia as ferramentas disponíveis.
5 CONSIDERAÇÕES FINAIS
Os recursos tecnológicos, como o computador, podem proporcionar vários benefícios para a sociedade, promovendo aprendizado e entretenimento. Por este motivo, se faz necessário que sejam instaurados novos projetos que viabilizem o acesso e o conhecimento sobre as novas tecnologias.

A aprendizagem da informática na terceira idade pode proporcionar uma melhora na qualidade de vida do idoso, visto que o mundo da informática dispõe de recursos que permitem a interação e a participação social do idoso no mundo moderno.

REFERÊNCIAS
BENZ, M.R;PASQUALOTTI,O.R;PASSERINO,L.M; Perfil tecnológico da terceira idade na FEEVALE (2006).
SlLVA,S.; Inclusão digital para pessoas da terceira idade(2007).





Compartilhe com seus amigos:


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal