Hamlet no divã de Freud



Baixar 68,92 Kb.
Página1/8
Encontro28.05.2018
Tamanho68,92 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8



Hamlet no divã de Freud
Marcos Chedid Abel

Psicanalista


INTRODUÇÃO
Édipo: Enigmas! Sempre enigmas!
Tirésias: Então não és aquele que decifra qualquer enigma?(1)
O objeto deste artigo é a notória tragédia de autoria de William Shakespeare, Hamlet, o príncipe da Dinamarca, e as construções psicanalíticas que este provocou em Sigmund Freud. Abrimos, citando acima Édipo, visto ser a este que Freud, reiteradamente, se referenciará, quando da(s) análise(s) de Hamlet.
No campo da psicanálise, outras abordagens a Hamlet foram empreendidas, dentre as quais destacamos a do contemporâneo, colaborador e biógrafo de Freud, Ernest Jones, Hamlet e o complexo de Édipo(2); na França, Jacques Lacan, que em seu seminário de 1958/59, intitulado O desejo e sua interpretação, tratou do tema hamletiano (do qual um excerto foi publicado no Brasil como Hamlet por Lacan(3); no Chile, de Felipe Pimstein, Hamlet, anatomia de la ambigüedad(4), em que o autor considera que o diagnóstico de 'abulia específica' não resolve a antinomia hamletiana e opina que Hamlet sofre de melancolia, evidentemente orientado pela abordagem de Melanie Klein; e, no Brasil, o livro de Eustáchio e Clara Helena Portella Nunes, Freud e Shakespeare(5), onde entre muitos dos personagens de Shakespeare, também trabalham Hamlet emuma perspectiva freudiana; e o de Hórus Vital Brasil, que, também, em seu Dois ensaios entre psicanálise e literatura(6), realiza uma análise de Hamlet de um ponto de vista psicanalítico.
Em nossas pesquisas bibliográficas, para este trabalho, também nos defrontamos com as obras de M. A. A. J. A. Waldock, Hamlet - a study in a critical method (7), para quem "a play is not a mine of secret motives" (8), e a hesitação em Hamlet é devida ao fato de que Hamlet "fears that if he murders his uncle it may be, deep in his heart, for his own ends. So, hedelays."(9); de Dyson Wood, Hamlet from a psychological point of view(10), onde o autor considera que o conflito em Hamlet é devido a uma juvenil e passageira "reflective indecision"(11); de Margarita Quijano, Hamlet y sus críticos(12), onde a autora decide que a indecisão de Hamlet em cumprir o mandato de seu pai "no es uno de los temas de la obra" (13); e a interessante e enciclopédica compilação realizada por Claude Williamson, Readings on the character of Hamlet(14), na qual são reunidos mais de trezentos textos críticos, dos mais diversos autores, sobre Hamlet, que abrangem o período de 1661 a 1947.
Pensamos que o Príncipe Hamlet, ao lado do Rei Édipo e dos Irmãos Karamassovi (não incluindo Fausto, por este estar referido a outras questões), são os personagens da literatura que mais importância têm, com respeito à concepção edípica, na obra freudiana; pois como o próprio Freud aprecia,

Dificilmente pode dever-se ao acaso que três das obras-primas da literatura de todos os tempos  Édipo Rei, de Sófocles; Hamlet, de Shakespeare; e os Irmãos Karamassovi, de Dostoievski  tratem todas do mesmo assunto, o parricídio. Em todas as três, ademais, o motivo para a ação, a rivalidade sexual por uma mulher, é posto a nú.(15)



Neste trabalho, em função da invasão da teoria psicanalítica nas mais variadas áreas de produções humanas, buscaremos ver o alcance possível da chamada 'psicanálise aplicada', da 'psicanálise em extensão', ver até onde é possível se ir com a análise psicanalítica de uma obra literária. Pois, como Freud coloca, "desde a época em que foi escrita A interpretação de sonhos, a psicanálise deixou de ser um assunto puramente médico."(16)

: word
word -> Saúde 197: Inserção do Psicólogo no Programa Saúde da Família: Vislumbrando um Percurso
word -> Trabalho: 9: Projeto Comunidade: Construindo intervenções a luz da psicologia social transformativa
word -> Trabalho: 86: Avaliação psicológica da criança: triagem, uma articulação assistência e ensino no Ambulatório Bias Fortes do hc/ufmg
word -> Trabalho: 115: Criança e Música: 19 anos na ufmg
word -> Trabalho: 48: Cidadania e Reforma Psiquiátrica: a construção política do aluno de Psicologia no Programa de Extensão em Saúde
word -> Trabalho: 20: o projeto Guernica da Prefeitura de Belo Horizonte: uma nova abordagem da pichação e do grafite na cidade
word -> Sommario 3 Sommario 187 I° Conselho Plenário da Ordem vida fraterna, pobreza e minoridade quito, Equador, 1971
word -> Ocr document
word -> Microsoft Word Lista docentes 08-09. doc


Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal