Gt 1 epistemologia da pesquisa em educaçÃO: abordagens colaborativas a construçÃo da história profissional de professores universitários


REFERÊNCIAS ALARCÃO, I. Professores reflexivos em uma escola reflexiva



Baixar 2,18 Mb.
Página6/147
Encontro27.04.2018
Tamanho2,18 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   147
REFERÊNCIAS

ALARCÃO, I. Professores reflexivos em uma escola reflexiva. São Paulo: Cortez, 2003.

BAKHTIN, M. Marxismo e filosofia da linguagem. 10 ed. São Paulo: Hucitec, 2002.

CATANI, D. B; BUENO, B.; SOUSA, C, P. de. Os homens e o magistério: as vozes masculinas nas narrativas de formação. In: ______ (Org.). A vida e o ofício dos professores: formação contínua, autobiografia e pesquisa em colaboração. São Paulo: Escrituras, 2000, p. 45-64.

DESGAGNÉ, S. et all. L´aproche collaborative de recherché en education: un rapport nouveau à établir entre recherche et formation. Revue des Sciences de L’éducation, v. 27, n. 1, 2001.

DOMINICÉ, P. A biografia educativa: instrumento de investigação para a educação de adultos. In: NÓVOA, A.; FINGER, M. (Org.). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Departamento de Recursos Humanos/Ministério da Saúde. Centro de Formação e Aperfeiçoamento Profissional. Cadernos de Formação, 1988a. p.101-106.

______. O processo de formação e alguns de seus componentes intelectuais. In: NÓVOA, A.; FINGER, M. (Org.). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Departamento de Recursos Humanos/Ministério da Saúde. Centro de Formação e Aperfeiçoamento Profissional. Cadernos de Formação, 1988b, p.53-61.

______. O que a vida lhes ensinou. In: NÓVOA, A.; FINGER, M. (Org.). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Departamento de Recursos Humanos/Ministério da Saúde. Centro de Formação e Aperfeiçoamento Profissional. Cadernos de Formação, 1988c. p.133-153.

FONTANA, R. A. C. Como nos tornamos professoras? Belo Horizonte-MG: Autêntica, 2000.

HOLLY, M. L. Investigando a vida profissional dos professores: diários biográficos. In: NÓVOA, A. (Org). Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 1992.

ISAIA, S. M. de A. Professor universitário no contexto de suas trajetórias como pessoa e profissional. In: MOROSINI, M. C. Professor do ensino superior: identidade, docência e formação. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, 2000, p. 21-34.

MASETTO, M. Docência na universidade. 2 ed. Campinas: Papirus, 2000.

______. Competência pedagógica do professor universitário. São Paulo: Summus, 2003.

MEKSENAS, P. Pesquisa social e ação pedagógica: conceitos, métodos e práticas. São Paulo: Loyola, 2002.

MORAES, A. A. de A. Histórias de vida em narrativas de professores (as); alternativa de investigação e formação do trabalho docente. Amazônia. Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Amazonas. Manaus, ano 4/5, n. 1/2, p. 77-84, 1999/2000.

NÓVOA, A. A formação tem de passar por aqui: as histórias de vida no projecto Prosalus. In: ______; FINGER, M. (Org.). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Departamento de Recursos Humanos/ Ministério da Saúde. Centro de Formação e Aperfeiçoamento Profissional. Cadernos de Formação, 1988. p.109-130.

______. Os professores e as histórias da sua vida. In: ______ (Org.). Vidas de Professores. 2. ed. Porto: Porto Editora, 1992, p. 11-28.

NÓVOA, A; FINGER, M. Introdução. In: ______. (Org.). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Departamento de Recursos Humanos/ Ministério da Saúde. Centro de Formação e Aperfeiçoamento Profissional. Cadernos de Formação, 1988. p.11-16.

PERRENOUD, P. Práticas pedagógicas, profissão docente e formação. Lisboa: Publicações Dom Quixote,1993.

PÉREZ, C. L. V. Cotidiano: história(s), memória e narrativa. In: GARCIA, R. L. (Org.). Método: pesquisa com o cotidiano. Rio de Janeiro: DP& A, 2003. p.97-118.

PIMENTA, S. G.; GHEDIN, E. Professor reflexivo no Brasil: Gênese e crítica de um conceito. São Paulo: Cortez, 2002.

PIMENTA, S. G.; ANASTASIOU, L. das G. C. Docência no ensino superior. São Paulo: Cortez, 2002.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis-RJ: Vozes, 2002.

THOMPSON, A. Recompondo a memória: questões sobre a relação entre a história oral e as memórias. Ética e História Oral: Revista do Programa de Pós-Graduação em História, São Paulo, n. 15, p. 51-84, 1997.

VIEIRA, S. L. Ser professor: pistas de investigação. Brasília: Plano Editora, 2002.


: archives -> cd8
cd8 -> A articulaçÃo teoria-prática na formaçÃo docente
cd8 -> Gt 8 – epistemologia da educaçÃO – abordagens fenomenológica / etnometodológica / multirreferencial / interacionista
cd8 -> Gt 1 epistemologia da pesquisa em educaçÃO: abordagens colaborativas a construçÃo da história profissional de professores universitários
cd8 -> Gt 4 – epistemologia das práticas sociais a doutrina social da igreja católica e a açÃo educativa voltada ao trabalhador em recife (1937/1945)
cd8 -> Gt 5 – epistemologia dos dispositivos didáticos: o ensinar e o aprender a articulaçÃo língua e uso na disciplina de língua portuguesa do ensino médio: a perspectiva dos documentos oficiais
cd8 -> Gt 6 – epistemologia dos dispositivos didáticos: educaçÃo de jovens e adultos
cd8 -> Gt 9 – epistemologia da educaçÃO – abordagens histórico e histórico-políticas concepçÕes e práticas de alfabetizaçÃO
cd8 -> A articulaçÃo teoria-prática na formaçÃo docente


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   147


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal