Gestão defendendo direitos e radicalizando a democracia



Baixar 366,03 Kb.
Página1/53
Encontro24.06.2018
Tamanho366,03 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   53

Conselho Federal de Serviço Social

RELATÓRIO DE ATIVIDADES

ANO 2007

GESTÃO 2005/2008

DEFENDENDO DIREITOS

RADICALIZANDO A DEMOCRACIA

Brasília, janeiro de 2008

SUMÁRIO


APRESENTAÇÃO – pág. 3

I- Conselheiros (as) da Gestão 2005/2008 – pág. 4

II- Assessores (as) e Funcionários (as) – pág. 5

III- Comissões Regimentais e Temáticas – pág. 6

IV- Representações – pág. 8

AÇÕES POR EIXOS – pág. 10


  1. Orientação e Fiscalização do Exercício Profissional – pág. 10

  2. Administrativo-Financeira e Conselho Fiscal – pág. 17

  3. Divulgação e Imprensa – pág. 31

  4. Ética e Direitos Humanos – pág. 34

  5. Formação Profissional – pág. 38

  6. Relações Internacionais – pág. 44

  7. Seguridade Social – pág. 47

CONSIDERAÇÕES FINAIS – pág. 62

ANEXOS – pág. 64

  1. Resoluções do ano de 2007 – pág. 64

  2. Pareceres do ano de 2007 – pág. 67

  3. Carta de Natal – pág. 72

  4. Relatório do Fundo de Apoio aos CRESS, Seccionais e CFESS – pág 78

  5. Relatório da transição – pág. 92

APRESENTAÇÃO

A Gestão “Defendendo Direitos, Radicalizando a Democracia”, no exercício de 2007, realizou suas ações em conjunto com os Conselhos Regionais. O parâmetro orientador dessas atividades foram as decisões coletivas e democráticas tendo em vista a consolidação da profissão e o compromisso com a formulação, defesa e materialização de direitos.

O relatório ora apresentado reúne as principais ações regimentais e programáticas, socializando as atividades desenvolvidas, as em andamento e as não realizadas. Este documento viabiliza um balanço crítico que permite subsidiar o plano de ação do CFESS para o novo exercício, bem como aprimorar sua relação com os Conselhos Regionais.

A desafiante conjuntura na qual o Conjunto CFESS/CRESS atuou em 2007 foi marcada pela política econômica orientada pela perspectiva financista sob a égide do capital mundializado; crescente clientelismo político originário da prática de indiscriminadas alianças partidárias; o desemprego, a precarização das relações de trabalho e a manutenção de baixos rendimentos para os/as trabalhadores/as. Todos esses aspectos compõem um cenário de barbarização da vida exigindo a mobilização da categoria e de suas entidades representativas para a defesa intransigente de direitos e para o combate às diferentes formas de preconceito e discriminação.

O CFESS cumpriu sua agenda priorizando a defesa da profissão e a consolidação do projeto ético-político profissional tendo como base os princípios defendidos no Código de Ética dos Assistentes Sociais.

Assim, reafirmamos neste final de Gestão todos os valores e princípios defendidos em nossa Carta Programa, ressaltando:

“Quem tem consciência para ter coragem
quem tem força de saber que existe
e no centro da própria engrenagem inventa

contra-mola que resiste”

(João Ricardo e João Apolinário)

I- Conselheiros (as) da Gestão 2005/2008 - Defendendo Direitos e radicalizando a democracia





Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   53


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal