Fizeram-me desenvolver um olhar mais crítico e mais voltado às melhores soluçÕes para as problemáticas que enfrento no cotidiano”: cursinho especial pré-vestibular uel e seus múltiplos aprendizados


O Cursinho Especial Pré- Vestibular da Universidade Estadual de Londrina



Baixar 160.22 Kb.
Página4/9
Encontro07.06.2018
Tamanho160.22 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9
O Cursinho Especial Pré- Vestibular da Universidade Estadual de Londrina

O Cursinho Especial Pré- Vestibular da Universidade Estadual de Londrina, foi criado em 1996 e tem como objetivo ofertar um cursinho pré-vestibular voltado à comunidade externa, e estudantes vindos da escola pública e com renda socioeconômica baixa. De acordo com UEL (2017) o CEPV promove aulas 100% gratuitas e uma estrutura completa para que o aluno tenha a melhor experiência possível. As aulas são voltadas para que o estudante consiga aprovação no vestibular da Universidade Estadual de Londrina, mas seus conteúdos acabam se relacionando com outros vestibulares e com o ENEM.

O CEPV é vinculado à Pró-Reitoria de Extensão (PROEX), pois é um projeto de extensão que atende a comunidade londrinense e região, ofertando um ensino de qualidade e uma preparação para o vestibular da própria instituição, o Estatuto da UEL, capítulo IX, elucida em seu artigo 37 que a extensão universitária é o processo educativo, cultural e científico que articula o ensino e a pesquisa de forma indissociável, e viabiliza a relação transformadora entre universidade e sociedade. Dito isso, o cursinho contribui na formação docente dos estudantes da graduação que encontram nesse espaço uma escola para aprender a lecionar e conhecer novas práticas pedagógicas para realizar em sala de aula.

O Cursinho Especial Pré- Vestibular funciona no período vespertino e noturno, atendendo cerca de 450 por ano. Infelizmente, infere-se que uma parcela da universidade desconheça o cursinho e o trabalho que é realizado ao longo do ano neste espaço. Contudo, há professores da graduação que tem conhecimento do trabalho realizado no espaço. Dentre estes, alguns colaboram com algumas atividades, como exemplo, destaca-se os professores que se disponibilizam para participar da banca didática na seleção de novos instrutores ou quando são convidados a participar das atividades extracurriculares como a semana interdisciplinar.



A equipe do cursinho é formada inteiramente por discentes da Universidade Estadual de Londrina, na área administrativa e pedagógica, são exclusivamente alunos desses respectivos cursos de graduação, já no processo seletivo para professores são aceitos os diversos estudantes dos cursos de graduação ofertados na Universidade.

O Cursinho Especial Pré- Vestibular da UEL, é conhecido por ser um laboratório de ensino, pois os estudantes da graduação passam por um processo seletivo que abarca algumas etapas como: provas de conhecimentos gerais, banca didática e por fim entrevista. Os estudantes classificados, assim que são efetivados no CEPV, recebem um acompanhamento pedagógico em suas aulas, realizados pelas estagiárias e bolsista de pedagogia, as quais contribuem com o planejamento das aulas, apoio e suporte pedagógico para alunos e professores e feedbacks das aulas, de modo a contribuir com o aprendizado didático-pedagógico.

Os professores do CEPV recebem uma bolsa auxilio de R$410,00 por mês, por 20 horas semanais. Suas atividades envolvem planejamento das aulas, execução da aula em dia determinado, permanência para atender dúvidas dos alunos, e ainda é função deste professor elaborar e aplicar provas de simulados e de novos instrutores, elaborar e reelaborar apostilas e conteúdos extras e participar dos eventos que ocorrem ao longo do ano no cursinho, como semana interdisciplinar, semana de conteúdos básicos, construindo gêneros textuais, domínio da arte e orientação profissional. Além disso, é imprescindível a participação dos professores na reunião pedagógica que é realizada pelo menos uma vez ao mês.

Como citado, o cursinho oferece ao longo do ano atividades diferenciadas focadas para o êxito do aluno, uma delas é a semana interdisciplinar, já mencionada, que tem como objetivo discutir um tema com diferentes disciplinas trazendo visões de cada área do conhecimento. Segundo Parâmetros Curriculares Ensino Médio (2000):

Interdisciplinaridade e Contextualização são recursos complementares para ampliar as inúmeras possibilidades de interação entre disciplinas e entre as áreas nas quais disciplinas venham a ser agrupadas. Juntas, elas se comparam a um trançado cujos fios estão dados, mas cujo resultado final pode ter infinitos padrões de entrelaçamento e muitas alternativas para combinar cores e texturas. (Parâmetros Curriculares Nacionais – Ensino Médio. Brasília: MEC, 2000, p. 84).

Dessa forma, com vestibulares que buscam cada vez mais um estudante que reflita, que consiga desenvolver redações e respostas com argumentos satisfatórios e com uma bagagem que aborde as áreas do conhecimento, a semana interdisciplinar tem como finalidade fazer o elo entre uma disciplina e outra. Para tanto, todo ano é proposto um tema geral para ter um caminho a seguir nas elaborações das aulas. Os Parâmetros Curriculares Ensino Médio enfatiza (2000):

O conceito de interdisciplinaridade fica mais claro quando se considera o fato trivial de que todo conhecimento mantém um diálogo permanente com outros conhecimentos, que pode ser de questionamento, de confirmação, de complementação, de negação, de ampliação, de iluminação de aspectos não distinguidos (Parâmetros Curriculares Nacionais – Ensino Médio. Brasília: MEC, 2000, p. 75).

Podemos considerar que é de extrema importância se trabalhar a interdisciplinaridade em um cursinho pré-vestibular.

Outro trabalho desenvolvido pelo CEPV é a orientação profissional, que conta com uma parceria de alunos de psicologia. Estes, desenvolvem palestras, rodas de conversas e aplicação de teste vocacional ao estudante do CEPV, proporcionando assim, que tenham mais clareza e discernimento no curso que pretende cursar.

Para concorrer a uma vaga como estudante do cursinho, todo ano é aberto um edital realizado pelo Serviço de Bem Estar à Comunidade (SEBEC), que avalia se o estudante estudou em escola pública em todo período escolar juntamente com sua situação socioeconômica, esta etapa é eliminatória, sua segunda fase se dá através de uma prova de conhecimentos gerais classificatória. São chamados anualmente 450 estudantes e os demais ficam na lista de espera, e são chamados em caso de desistência no decorrer do ano letivo.

O Serviço de Bem Estar à Comunidade (SEBEC) é responsável por promover o bem estar dos agentes universitários como também dos estudantes da UEL. Segundo o Estatuto da UEL (2016) o SEBEC tem por finalidade a promoção do bem-estar da comunidade universitária através da operacionalização de serviços e programas relacionados às áreas de saúde do trabalhador, serviço social, alimentação e nutrição, segurança do trabalho, assistência estudantil e técnico administrativo de apoio. São por meio dela que se realizam editais para isenção da taxa do vestibular, moradia estudantil, bolsa araucária e subsídio para o Restaurante Universitário.

Os estudantes matriculados têm direito ao passe escolar, apostilas, empréstimos de livros e acesso à universidade, como, ao Restaurante Universitário e Biblioteca. Além disso, eles participam de todas as atividades extracurriculares realizada no cursinho. O CEPV fica localizado perto da moradia estudantil, dentro do campus da UEL, por estar dentro do campus o estudante do CEPV acaba experimentando e vivenciando o dia a dia da universidade, onde se sentem fazendo parte dela.

Desde a criação do Cursinho, de acordo com UEL (2014) já foram atendidos mais de 6,500 estudantes e o índice de aprovação é em média de 35%. Os estudantes já foram aprovados em diferentes cursos da Universidade, inclusive os mais concorridos. Pode-se evidenciar o número de aprovados nos últimos 5 anos na tabela a seguir:



Catálogo: eventos -> semanadaeducacao -> pages -> arquivos -> Anais -> 2017 -> Anais -> Artigo -> Eixo%202%20Educacao%20e%20Diversidade%20e%20Direitos%20Humanos
Eixo%202%20Educacao%20e%20Diversidade%20e%20Direitos%20Humanos -> A família no âmbito das instituiçÕes de acolhimento: um olhar para a casa lar de assaí
Eixo%202%20Educacao%20e%20Diversidade%20e%20Direitos%20Humanos -> A importância da aprendizagem significativa por meio de representaçÕes multimodais em crianças com deficiência intelectual
Artigo -> As concepçÕes das professoras e suas implicaçÕes na prática pedagógica com as crianças de zero a três anos de idade
Artigo -> A reduçÃo do espaço do brincar no contexto da educaçÃo infantil: algumas reflexõES
Artigo -> A utilizaçÃo do bazar como recurso para superar as dificuldades de aprendizagem de matemática
Eixo%202%20Educacao%20e%20Diversidade%20e%20Direitos%20Humanos -> A medida educativa e a sua execuçÃo em regime aberto: uma análise do município de londrina (PR)
Eixo%202%20Educacao%20e%20Diversidade%20e%20Direitos%20Humanos -> Fracasso escolar: quais as ideias de estudantes do ensino fundamental I sobre o tema
Eixo%202%20Educacao%20e%20Diversidade%20e%20Direitos%20Humanos -> História de luta dos surdos
Eixo%202%20Educacao%20e%20Diversidade%20e%20Direitos%20Humanos -> Inclusão de pessoas com necessidades educacionais especiais no contexto escolar

Baixar 160.22 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
Conselho nacional
minas gerais
terapia intensiva
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
Colégio estadual
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
extensão universitária
língua portuguesa