Exortação Apostólica Pós-Sinodal Amoris Laetitia capítulo IV: o amor no matrimónio


ORAÇão DE INVOCAÇÃO, CONFIANÇA E AÇÃO DE GRAÇAS



Baixar 83,21 Kb.
Página15/16
Encontro11.10.2018
Tamanho83,21 Kb.
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   16
ORAÇão DE INVOCAÇÃO, CONFIANÇA E AÇÃO DE GRAÇAS
Dai-nos, Senhor, a capacidade da verdade, da lealdade e da sinceridade.
Não permitais que prefiramos o sucesso à verdade, a nossa reputação à justiça.
Ajudai-nos a dizer não à mentira que destrói a confiança e a serenidade das relações humanas.
Semana da Ascensão ao Pentecostes: o amor tudo espera
116. Panta elpizei: não desespera do futuro. Ligado à palavra anterior, indica a esperança de quem sabe que o outro pode mudar; sempre espera que seja possível um amadurecimento, um inesperado surto de beleza, que as potencialidades mais recônditas do seu ser germinem algum dia. Não significa que, nesta vida, tudo vai mudar; implica aceitar que nem tudo aconteça como se deseja, mas talvez Deus escreva direito por linhas tortas e saiba tirar algum bem dos males que não se conseguem vencer nesta terra.
117. Aqui aparece a esperança no seu sentido pleno, porque inclui a certeza duma vida para além da morte. Aquela pessoa, com todas as suas fraquezas, é chamada à plenitude do Céu: lá, completamente transformada pela ressurreição de Cristo, cessarão de existir as suas fraquezas, trevas e patologias; lá, o verdadeiro ser daquela pessoa resplandecerá com toda a sua potência de bem e beleza. Isto permite-nos, no meio das moléstias desta terra, contemplar aquela pessoa com um olhar sobrenatural, à luz da esperança, e aguardar aquela plenitude que, embora hoje não seja visível, há de receber um dia no Reino celeste.



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   16


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal