Exortação Apostólica Pós-Sinodal Amoris Laetitia capítulo IV: o amor no matrimónio


ORAÇão DE INVOCAÇÃO, CONFIANÇA E AÇÃO DE GRAÇAS



Baixar 83,21 Kb.
Página14/16
Encontro11.10.2018
Tamanho83,21 Kb.
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   16
ORAÇão DE INVOCAÇÃO, CONFIANÇA E AÇÃO DE GRAÇAS
Auxiliai-nos, Senhor, a desfazermo-nos do nosso ser fechado e egoísta, para nos colocarmos ao serviço dos irmãos.
Fazei que nas nossas famílias se pratique a caridade para com os mais pobres.
Dai-nos a capacidade de ver, no rosto dos mais débeis e desprezados deste mundo, o lugar originário da Vossa manifestação.

6.ª semana da Páscoa: o amor rejubila com a verdade
109. A expressão chairei epi te adikía indica algo de negativo arraigado no segredo do coração da pessoa. É a atitude venenosa de quem, ao ver feita a alguém uma injustiça, se alegra. A frase é completada pela seguinte, que o diz de forma positiva: synchairei te aletheia – rejubila com a verdade. Por outras palavras, alegra-se como bem do outro, quando se reconhece a sua dignidade, quando se aprecia mas suas capacidades e as suas boas obras. Isto é impossível para quem sente a necessidade de estar sempre a comparar-se ou a competir, inclusive com o próprio cônjuge, até ao ponto de se alegrar secretamente com os seus fracassos.
110. Quando uma pessoa que ama pode fazer algo de bom pelo outro, ou quando vê que a vida está a correr bem ao outro, vive isso com alegria e, assim, dá glória a Deus, porque «Deus ama quem dá com alegria» (2 Cor 9, 7), nosso Senhor aprecia de modo especial quem se alegra com a felicidade do outro. Se não alimentamos a nossa capacidade de rejubilar como bem do outro, concentrando-nos sobretudo nas nossas próprias necessidades, condenamo-nos a viver com pouca alegria, porque – como disse Jesus – «a felicidade está mais em dar do que em receber» (At 20, 35). A família deve ser sempre o lugar onde uma pessoa que consegue algo de bom na vida, sabe que ali se vão congratular com ela.



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   16


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal