Este é o segundo número da Revista "Presença Ética" que tem como tema: Ética, Política e Emancipação Humana


O preconceito contra os homossexuais



Baixar 0,94 Mb.
Página20/58
Encontro02.03.2019
Tamanho0,94 Mb.
1   ...   16   17   18   19   20   21   22   23   ...   58
5. O preconceito contra os homossexuais

Como se apresenta o preconceito contra os homossexuais nos dias de hoje? Aqui no Brasil neste fim de século os gays e lésbicas estão realmente sendo aceitos pela sociedade ou trata-se apenas de uma aceitação aparente?

Há vários elementos que devem ser analisados para que se compreenda mais profundamente o que está acontecendo em nossa sociedade no que se refere a esta questão. No plano relativo aos direitos observe-se que houve e há uma resistência enorme a aceitação do projeto de Martha Suplicy que permite a ampliação dos direitos relativos a homossexuais que vivem juntos e constroem patrimônios em comum. Por outro lado há uma série de decisões judiciais que são favoráveis aos homossexuais. No mês de junho de 2000 (só pra dar um exemplo), a Oitava Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul decidiu por unanimidade que um casal de lésbicas poderia resolver a partilha do patrimônio numa Vara de Família. A decisão desfez o entendimento anterior de que Varas de Família deveriam tratar apenas de questões envolvendo uniões estáveis entre marido e mulher.

Estes dois fatos refletem o que está acontecendo na sociedade brasileira em nível de aceitação do homossexualismo. Na realidade está sendo travada uma luta surda e quotidiana entre aqueles que são partidários, ainda que não se dêem conta, de uma moral preconceituosa que não aceita gays e lésbicas e aqueles que entendem que o direito de se relacionar sexual e afetivamente com pessoas do mesmo sexo é um direito inalienável de todo ser humano. Observe-se, entretanto, e é basicamente para isso que quero chamar atenção, que os partidários desta moral preconceituosa são em muito maior número do que se supõem. Há uma minoria que expressa seu preconceito e muitas vezes até discrimina, mas há também um outro contingente de pessoas, aquelas que não tem coragem de assumir seu preconceito e praticam o que chamamos de "preconceito dissimulado". Esse preconceito, hipócrita por excelência, acaba se revelando em vários momentos: quando os pais que tem em suas relações amigos homossexuais desabam quando descobrem que seu próprio filho é gay ou quando um casal homossexual centrado, bem resolvido e bem sucedido visita a sua sala de jantar toda noite através das imagens transmitidas pela maior rede de telecomunicações do país em novela no horário nobre, e o público mostra nas pesquisas que prefere a retirada dos personagens da novela.

São estes fatos, estas atitudes e muitas outras, que se manifestam no dia-a-dia que mostram o quanto é grande o preconceito contra os homossexuais, o preconceito que não se revela, o preconceito que não ousa dizer o seu nome. Surge, então, uma outra questão a ser abordada posteriormente que é a questão da dissimulação: porque as pessoas dissimulam o preconceito? Porque elas dizem não ter aquilo que elas de fato tem?





  1. Compartilhe com seus amigos:
1   ...   16   17   18   19   20   21   22   23   ...   58


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal