Esculturas e pinturas de de chirico mostram em bh o berço da arte surrealista



Baixar 7,72 Kb.
Encontro23.08.2018
Tamanho7,72 Kb.

ESCULTURAS E PINTURAS DE DE CHIRICO MOSTRAM EM BH O BERÇO DA ARTE SURREALISTA
Exposição gratuita é a maior do artista greco-italiano já montada no Brasil e reúne mais de 120 trabalhos, entre telas e esculturas
O período das férias escolares em Belo Horizonte ganha o tom de mistério com as paisagens enigmáticas da exposição “O Sentimento da Arquitetura – Obras da Fondazione Giorgio e Isa de Chirico”. A mostra reúne uma coleção de obras de Giorgio De Chirico, um dos principais artistas a influenciar o movimento do surrealismo no mundo. Ao todo, são 122 trabalhos, sendo 45 pinturas e 11 esculturas, produzidas entre os anos 1960 e 1970, e 66 litografias da década de 30. Esta é a maior mostra do artista já exposta no país e o público poderá apreciar as peças até o dia 29 de julho, na Casa Fiat de Cultura (rua Jornalista Djalma Andrade, 1.250, Belvedere), de terça a sexta-feira, das 10h às 21h, e aos sábados e domingos, das 14h às 21h. A entrada e o transporte, que sai da Praça da Liberdade, são gratuitos – veja detalhes abaixo.

Com curadoria da crítica de arte e arquiteta italiana Maddalena d’Alfonso, a maioria das obras selecionadas para a mostra é da última fase do artista, morto em 1978. Os trabalhos desse período começaram a ser produzidos nos anos 1960 e se caracterizam pela exaltação da cor, pelo caráter seco e pela redução poética. Antecessor de algumas das mais importantes propostas do pensamento artístico moderno e contemporâneo, De Chirico promoveu, junto a Alberto Savinio, Carlo Carrà e Giorgio Morandi, aquela a que chamou de ‘arte metafísica, ou para além das coisas físicas’. “A sensação do silêncio que emana das obras nos dá a sensação não só do sonho, mas também da desolação, da incongruência, do aspecto enigmático do lugar representado”, analisa a curadora.

O artista greco-italiano explorou de forma singular figuras arquitetônicas reais e imaginárias de diferentes períodos, combinando-as com símbolos e corpos. Sem contar que sua arte foi referência, de alguma maneira, na obra de toda uma geração de artistas modernos, entre eles Salvador Dalí, Alberto Giacometti e Pablo Picasso. Ele também influenciou muitos brasileiros de renome, como Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti e Iberê Camargo, de quem foi professor. As obras que compõem a exposição pertencem ao Museu de Arte Moderna de Nova York, ao Instituto de Arte de Chicago, à Fundação De Chirico, ao Museu Picasso de Paris, e a colecionadores.

Além da capital mineira, as obras de De Chirico passaram por Porto Alegre e São Paulo, atraindo mais de 150 mil pessoas. A iniciativa também faz parte da programação do Momento Itália-Brasil, acordo que celebra fatos em comum entre os dois povos e cuja programação reúne cerca de 500 atividades desenvolvidas em, praticamente, todos os estados do país. A realização é da Casa Fiat de Cultura, da Fundação Iberê Camargo e do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp).


Arte revolucionária e cosmopolita
Cidadão do mundo, nascido em 1888, De Chirico passou a infância e a adolescência entre as cidades gregas de Volos e Atenas. Após a morte do pai, em 1906, viveu em diversas cidades da Europa, como Munique, Milão, Paris e Roma. O artista também passou por Nova York, nos Estados Unidos, fato que contribuiu para que, em seu trabalho, o imaginário urbano e a cidade encarnassem a dimensão interior e psicológica do homem moderno.

Seus trabalhos mostram claramente quais elementos ficaram marcados nas obras de tantos outros mestres que projetaram a modernidade no mundo. Além disso, a arquitetura está presente em toda a exposição e é um dos motivos centrais do trabalho do artista.


Horários do transporte para a Casa Fiat:
- Praça da Liberdade/Casa Fiat de Cultura

De terças às sextas-feiras - 9h30, 12h, 13h30, 15h, 16h30, 18h e 19h30

Sábados, domingos e feriados - 13h30, 15h, 16h30, 18h e 19h30
- Casa Fiat/Praça da Liberdade

De terças às sextas-feiras - 10h15, 12h45, 14h15, 15h45, 17h15, 18h45 e 21h



Sábados, domingos e feriados - 14h15, 15h45, 17h15, 18h45 e 21h

*Transporte sujeito à lotação de 15 passageiros


Compartilhe com seus amigos:


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
Processo seletivo
ensino fundamental
Conselho nacional
terapia intensiva
ensino médio
oficial prefeitura
Curriculum vitae
minas gerais
Boletim oficial
educaçÃo infantil
Concurso público
seletivo simplificado
saúde mental
Universidade estadual
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
outras providências
recursos humanos
Dispõe sobre
secretaria municipal
psicologia programa
Conselho municipal
Colégio estadual
consentimento livre
Corte interamericana
Relatório técnico
público federal
Serviço público
língua portuguesa