Encaminhamento de crianças à classe especial



Baixar 103.76 Kb.
Página7/10
Encontro11.06.2018
Tamanho103.76 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10

Considerações finais

As práticas profissionais aqui analisadas trazem a marca da generalização, assim como as orientações da Secretaria estadual da Saúde. Conseqüentemente, são práticas que pouco discutem o indivíduo e o seu contexto, são norteadas por um ideal de aluno e de ser humano (Amaral, 1995).

Através dos documentos, foi possível perceber que tais práticas têm como característica comum centrarem-se no funcionamento interno do aluno, desprestigiando o contexto em que são produzidas as queixas escolares. Há um processo de imputação de responsabilidade ao aluno pelo seu fracasso muitas vezes, se estende até seus pais. É uma visão do problema bastante reduzida e simplificadora.

Na medida em que se reconhece e considera que a diferença, a complexidade, a dinâmica e ambigüidade presentes na instituição escola, abre-se uma outra possibilidade de entendimento da questão. Claro está que é importante que a escola reconheça que alguns dos seus alunos não se desenvolvem de maneira satisfatória no processo de aprendizagem. Claro está que no contingente escolar existem aqueles que necessitam de atendimento, ou atenção, diferenciados. Assim como, está claro que a escola precisa refletir sobre qual é a sua parcela na produção da deste tipo de deficiência.

A classe especial é um espaço de desaparecimento: a criança é descaracterizada como aluno, aprendiz e indivíduo (Marcondes Machado, 1994). A entrada na classe especial é o final de um processo de reafirmação da inadequação do aluno mediante um sistema escolar segregacionista, estigmatizador e preconceituoso (Cunha, 1988). Nesse sentido repensar as práticas de encaminhamento dos alunos se faz necessária e pertinente8.


Baixar 103.76 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
Conselho nacional
minas gerais
terapia intensiva
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
Colégio estadual
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
extensão universitária
língua portuguesa