Disciplina: Julgamento e Decisão Clínica



Baixar 25,26 Kb.
Página1/2
Encontro12.06.2018
Tamanho25,26 Kb.
  1   2


Programa de Pós-graduação em Medicina (Cardiologia)
Disciplina: Julgamento e Decisão Clínica

FMM 709 (Mestrado/Doutorado – Decisão Clínica I) – semestre 1 e

FMM 843 (Mestrado/Doutorado - Decisão Clínica II) – semestre 2
- Carga horária 2 a 4 horas por semana em 2 semestres.

-Total 64 horas teóricas + 120 horas práticas - total de 4 créditos (2 créditos por semestre)

- Coordenador – Prof. Nelson Albuquerque de Souza e Silva

- Professores Colaboradores: Dra. Lucia Helena Alvares Salis

Dr. Paulo Henrique Godoy

Disciplina: Julgamento e Decisão Clínica

EMENTA:
Objetivo: desenvolver no aluno a capacidade crítica, a seleção da informação relevante com base em evidências cientificamente aceitáveis e do entendimento da importância da filosofia da ciência. Desenvolver a capacidade de julgamento clínico com base em teoria de sistemas complexos, o entendimento do processo de decisão clínica e as influências que sofre. A imprevisibilidade do comportamento dos sistemas biológicos. As bases biológicas da decisão e as habilidades, atitudes e conhecimentos necessários para a tomada de decisões clínicas.


Ementa: O processo de decisão clínica é extremamente complexo e sofre influências as mais diversas, desde a base biológica do desenvolvimento neurológico, até da organização social e do ambiente de vida (incluindo o trabalho), tanto do médico como do paciente e sua família, bem como das formas de organização dos serviços de saúde e das formas como são desenvolvidas e apresentadas as evidências científicas e seus métodos de busca da verdade. Entender essa complexidade e desenvolver a capacidade de tomar decisões, conscientes das incertezas que a cercam, é tarefa educativa que envolve a necessidade de expor o aluno às mais diversas racionalidades e conhecimentos advindos das mais diversas áreas. A disciplina buscará o debate de idéias entre alunos da disciplina e professores de diferentes áreas de conhecimento na abordagem de temas que influenciam na decisão médica, buscando reduzir as incertezas sempre com o objetivo de cuidar da saúde das pessoas.

Não apenas o método científico é enfatizado, com base em teoria de sistemas complexos, mas o aprofundamento do entendimento da filosofia da ciência, da hermenêutica, da compreensão.




Metodologia:
Foram selecionados temas que serão abordados pelos professores da disciplina e professores convidados de diversas áreas de conhecimento (História, Letras, Linguística, Psicologia, Neurociências, Bioestatística, Comunicação, Biodiversidade, Administração e Gestão, Filosofia, Ética, Engenharia, Direito, Arquitetura, Belas Artes e outras), sempre tendo por base a decisão clínica, as influências que sofre e suas conseqüências.

Os debates ocuparão duas a quatro horas semanais. Aos alunos é fornecida bibliografia básica e incentiva-se a busca de informações, pelos alunos, sobre o processo de decisão, seja através da literatura seja através de casos clínicos vivenciados por cada um, com preparo de material didático para apresentação. Os temas serão abordados sempre sob a forma de discussão em grupo formando um ambiente cognitivo. Serão escolhidos temas para que os alunos desenvolvam pequenos artigos sobre os mesmos.


Temas:
- A biodiversidade, o homem e a ecologia

- Medicina e teoria da complexidade no processo de decisão clínica. Co-construtivismo bio-eco-cultural. A interação indivíduo-ecosistema. Estados evolutivos da vida e a história natural de evolução das doenças (um estado evolutivo). O método clínico. A redução das incertezas.

- Racionalidades médicas no processo de decisão;

- Filosofia da ciência – conceitos de normalidade, causalidade, forma, plasticidade.

- A influência da organização do sistema de saúde no processo de decisão, no setor publico e no setor privado de prestação de serviços. O SUS e os Sistemas de Saúde de outros países (saúde nas Américas). O orçamento dos Ministérios da Saúde e da Educação. Definições de prioridades em saúde e prioridades de pesquisa em saúde. Sistemas complexos e cuidados de saúde.

- Heurísticas médicas;

- Hermenêutica o processo de interpretação ou compreensão da realidade para a tomada de decisão. A interpretação dos resultados dos estudos científicos com diversos métodos. Discordância clínica. Influência dos dados epidemiológicos, econômicos e sociais no processo de decisão.

- Informação, computação e Comunicação e Medicina;

- Cultura, arte e Ciência no processo decisório. O Discurso. O Teatro.

- Direito e decisão clínica. A influência da justiça no processo de decisão.

- Ética e decisão clínica.

- Linguística. A importância da interpretação do significado do discurso.

- Redes Neurais e Modelos estocásticos no auxílio ao processo de decisão (redes Bayesianas e modelos com base em Cadeias de Markov, support vector machines). Mineração de dados.

- A literatura brasileira como fonte para o conhecimento do processo de decisão com base cultural.

- Neurociências – o conhecimento fisiológico ou fisiopatológico do processo de decisão. As bases biológicas da decisão. Psicologia evolutiva. Emoções e decisões – os limites da racionalidade. Viés de projeção.

- Avaliação tecnológica em saúde e utilização de tecnologias. O conceito de performance tecnológica. Qualidade em saúde. O complexo industrial da saúde e influência no processo de decisão e nas pesquisas clínicas.

- O ambiente de trabalho na decisão clínica;

- O ensino médico – teorias e influência no processo de decisão.



- O Corpo, a figura humana e a arte.





Compartilhe com seus amigos:
  1   2


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
Processo seletivo
ensino fundamental
Conselho nacional
terapia intensiva
ensino médio
oficial prefeitura
Curriculum vitae
minas gerais
Boletim oficial
educaçÃo infantil
Concurso público
seletivo simplificado
saúde mental
Universidade estadual
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
outras providências
recursos humanos
Dispõe sobre
secretaria municipal
psicologia programa
Conselho municipal
Colégio estadual
consentimento livre
Corte interamericana
Relatório técnico
público federal
Serviço público
língua portuguesa