Diretoria de pesquisa


TABELA 03: Formação dos Docentes na Graduação e na Especialização



Baixar 203,33 Kb.
Página8/9
Encontro04.03.2018
Tamanho203,33 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9
TABELA 03: Formação dos Docentes na Graduação e na Especialização

CURSO

GRADUAÇÃO

ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIA POLÍTICA

ADMINISTRAÇÃO

4

0

CIÊNCIA POLÍTICA

11

2

CIÊNCIAS SOCIAIS

46

1

COMUNICAÇÃO SOCIAL

6

0

DIREITO

16

1

ECONOMIA

9

0

ENGENHARIAS

4

0

ESTATÍSTICA

1

0

FILOSOFIA

5

0

HISTÓRIA

8

0

LETRAS

6

0

PEDAGOGIA

5

0

PSICOLOGIA

2

1

RELAÇÕES INTERNACIONAIS

5

0

SOCIOLOGIA

2

0

OUTROS/ (OUTRAS ÁREAS)

8

0










TOTAL

138

05

Fonte: sites das IES e Plataforma Lattes/ CNPq

No tocante a formação no nível lato sensu, nota-se que dos 11 graduados em Ciência Política apenas 02 se especializaram nesta área. Um docente egresso respectivamente da graduação em Ciências Sociais, Direito e Psicologia se especializou na área. Por fim, dos 138 docentes apenas 05 (3,62%) se especializaram em Ciência Política.

Na tabela 04 verificaremos se os docentes que lecionam na graduação em Ciência Política obtiveram formação nesta área, no nível mestrado.

Como analisamos anteriormente, dos 11 docentes egressos da graduação em Ciência Política, 02 se especializaram nesta área, enquanto que apenas 01 docente graduado em Ciências Sociais seguiu este percurso.

Quando se trata da formação no nível do mestrado a situação é a que segue. Dos 138 docentes apenas 50 (36,23%) obtiveram o título de mestre em Ciência Política. Destes, 29 (21,01%) são egressos da graduação em Ciências Sociais. Destacamos que dos 46 docentes com esta graduação, 29 (63.04%) obteve o título de mestre em Ciência Política, indicando que a maioria dos docentes graduados em Ciências Sociais seguiu a formação stricto sensu em Ciência Política, nível mestrado. E dos 11 graduados em Ciência Política 09 (81,81%) fizeram o mesmo percurso.

Foram poucos os docentes graduados nas áreas das Ciências Humanas: História, Psicologia e Relações Internacionais (um por cada) que cursaram o mestrado em Ciência Política. Nenhum docente graduado em Filosofia, Pedagogia e Sociologia cursou este mestrado. Dos formados nas áreas das Ciências Sociais Aplicadas, 05 docentes dos 16 egressos da graduação em Direito; 03 dos 06 graduados em Comunicação Social cursaram este mestrado. Dos 04 docentes graduados na área de Engenharia, 01 cursou o mestrado em Ciência Política.



Resumindo: parcialmente os dados até aqui analisados indicam que no nível mestrado o percurso formativo dos 57 docentes com graduação em Ciências Sociais (46) e Ciência Política (11) tendeu para a formação específica na área, o que vale dizer que dos 138 docentes que lecionam na graduação em estudo, apenas 57 (41,30%) obtiveram o título de mestre na área.




Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal