Dentre os parasitos observados em cães, destacam-se, os dos gêneros



Baixar 1,64 Mb.
Página1/5
Encontro16.09.2018
Tamanho1,64 Mb.
  1   2   3   4   5


INTRODUÇÃO

Animais de companhia, particularmente cães, têm um importante papel na sociedade em todo o mundo. Eles são em alguns casos companheiros importantes em muitas residências, contribuindo ao desenvolvimento físico, social e emocional de crianças e o bem-estar de seus donos, em especial idosos (CAMPOS FILHO et al., 2008).

O papel do cão como um hospedeiro definitivo de várias parasitoses com potencial zoonótico tem sido largamente estudado e reconhecido como um importante problema de saúde pública. A crescente aquisição de cães como animais de companhia tem aumentado o número de pessoas expostas ao risco de contrair infecções por parasitos zoonóticos. A população infantil corresponde ao grupo mais exposto devido ao hábito de brincar em contato com o solo e aos distúrbios de perversão do apetite como a geofagia. Por outro lado, o crescimento urbano, com o estabelecimento de novas comunidades e conjuntos habitacionais, leva tanto ao aumento da população de cães de estimação como de cães errantes (CAPUANO; ROCHA, 2006).

Dentre os parasitos observados em cães, destacam-se, os dos gêneros Toxocara, Ancylostoma, Trichuris e Giardia, que são responsáveis por algumas zoonoses, como a larva migrans visceral, larva migrans cutânea em humanos, e giardíase em humanos e animais (CAMPOS FILHO et al., 2008).

Esses patógenos podem causar gastroenterites, problemas respiratórios, perda de peso, retardo no desenvolvimento, podendo levar cães e gatos à morte, além de acometer o homem. Essas zoonoses parasitárias, apesar de não serem causa frequente de óbitos em humanos, causam alergias, diarreias, anemias, despesas com diagnóstico, tratamento e perdas econômicas, como a redução da produtividade dos animais. Considerando a importância da infecção por helmintos em cães, tanto no aspecto da clínica veterinária como da saúde pública, estudos de prevalência são necessários para se estabelecer medidas de controle e profilaxia (VASCONCELLOS et al., 2006).

Em frente ao risco potencial de transmissão de zoonoses causadas por helmintos gastrintestinais é necessário de buscar informações a este respeito, objetivando as formas de prevenção e diminuição do risco de infecção para o homem e os próprios animais.



1. OBJETIVOS

1.1. Objetivo geral

Pesquisar a prevalência de parasitos intestinais em cães localizados no centro de bem-estar animal, na cidade de Joinville, SC.

1.2. Objetivos específicos



- Confirmar a presença de formas parasitárias através de exames coproparasitológicos;

- Identificar possíveis parasitos causadores de zoonoses no Centro de Bem-Estar Animal na Cidade de Joinville-SC;

- Relacionar as formas de prevenção com os achados parasitológicos neste estudo.




Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
Processo seletivo
ensino fundamental
Conselho nacional
terapia intensiva
ensino médio
oficial prefeitura
Curriculum vitae
minas gerais
Boletim oficial
educaçÃo infantil
Concurso público
seletivo simplificado
saúde mental
Universidade estadual
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
outras providências
recursos humanos
Dispõe sobre
secretaria municipal
psicologia programa
Conselho municipal
Colégio estadual
consentimento livre
Corte interamericana
Relatório técnico
público federal
Serviço público
língua portuguesa