Dados internacionais de Catalogação na Publicação (cip)


Exercício Marque no chão seis espaços como indicado abaixo; 1



Baixar 1,42 Mb.
Página73/126
Encontro06.04.2018
Tamanho1,42 Mb.
1   ...   69   70   71   72   73   74   75   76   ...   126
Exercício


  1. Marque no chão seis espaços como indicado abaixo;

1

A

M

B

I

E

N

T

E

2

C

O

M

P

O

R

T

A

M

E

N

T

O

3
C H

A A A B

P I

A L

C I L D

I A D D

D E D

A

E


4
C V

R A

E L

N O

Ç R

A E

S S

5
M I

I D

S E

S N

à T

O I

D

A

D

E

6

E

S

P

Í

R

T

O

.


mentor

mentor

mentor


mentor


mentor


mentor








  1. Entre no espaço ambiente e pense em um objetivo que você gostaria de alcançar. Pergunte a si mesmo “onde” e “quando” você quer realizar esse objetivo. Faça um quadro mental dessa experiência.

  2. Pesquise as submodalidades que esse quadro apresenta ( visuais, auditivas e sinestésicas). Veja-se, nesse filme, realizando esse objetivo. Permaneça dissociado (como observador), enquanto observa essa imagem.

  3. Pense em alguém que já o realizou. Imagine que essa pessoa está no espaço à sua direita. Pergunte-lhe mentalmente se gostaria de ser o seu mentor. Se a resposta for positiva, imagine que você sai de si mesmo e vai até ele. Imagine-se recebendo dele os recursos necessários para a realização dos seus objetivos, na forma de códigos neurolingüísticos. (cor, luz, movimento, sons, sinestesias, etc.).

  4. Agradeça-lhe pelos recursos recebidos e incorpore-os à imagem que você criou antes de falar com seu mentor.

  5. Imagine como você fica com esses recursos adicionados. Crie uma imagem de você com esses recursos. Pergunte a todas as suas “partes” se elas gostam dessa auto-imagem. Se a resposta for positiva, volte ao espaço ambiente e associe-se a ela. Ancore-a com um toque em algum lugar do seu corpo.

  6. Entre no espaço “Capacidade/habilidades” e dispare a âncora instalada no espaço anterior (ambiente).Pense na capacidade e nas habilidades que você já tem e nas que precisaria ter para alcançar seu objetivo. Imagine como atuaria se já tivesse essa capacidade. Pense em como você quer usar sua mente para executar com eficiência as ações necessárias. Imagine que você já tem essas habilidades e capacidade. Pergunte-se o que você veria, ouviria e sentiria quando atuasse com essas habilidades e capacidade.

  7. Projete uma imagem de você mesmo com essas qualidades (dissociado) e veja se você gosta dela.Pense em alguém que age dessa forma e imagine que ela está no espaço à sua direita. Pergunte-lhe mentalmente se ele quer ser seu mentor. Se a resposta for positiva, caminhe até ele e receba os “recursos” que ele vai lhe passar na forma de códigos neurolingüísticos (imagens, sons, sinestesias).

  8. Ancore-os no mesmo lugar do corpo onde ancorou os recursos das posições anteriores. Agradeça-lhe pelos “recursos” recebidos e volte á posição “Capacidade/Habilidades. Imagine a pessoa que você é agora com essa capacidade. Assuma a fisiologia dessa pessoa. (imagine-se em postura igual a que ela teria).

  9. Com essa auto-imagem em mente entre na posição “Crenças/Valores” e pergunte-se a si mesmo que crenças, que valores, você precisaria ter para atuar dessa forma? Pergunte-se porque é importante acreditar nisso? Porque você quer isso?

  10. Pense em alguém que você sabe que tem essas crenças e esses valores e pergunte-lhe se ele quer ser seu mentor. Se a resposta for positiva, caminhe até ele e receba os “recursos”que ele vai lhe passar.Ancore-os no mesmo lugar do corpo onde ancorou os recursos anteriores.

  11. Agradeça-lhe e volte á posição “crenças”. Crie uma auto-imagem de você mesmo com essas crenças e veja como se sente a respeito. Com essa auto-imagem na mente, entre na posição “Missão”, e pergunte-se quem é você quando acredita e age com essa capacidade e essas crenças. Crie uma auto-imagem de si mesmo com essa capacidade e crenças e associe-se à ela. Pergunte-se qual a sua “missão” em relação aquele objetivo.

  12. Pense em alguém que você acredita sinceramente que poderia ser seu mentor em relação à sua missão. Pergunte-lhe se ele quer ser seu mentor nesse caso. Se a resposta for positiva, caminhe até ele e receba os “recursos” que ele vai lhe passar na forma de mensagens e metamensagens. Ancore-os no mesmo lugar dos recursos anteriores. Agradeça-lhe e volte à posição “missão/identidade.” Imagine-se com esses recursos incorporados a você.

  13. Com a sua “missão” em mente, entre no espaço “espírito” e pergunte a si mesmo: “ a quem mais a minha identidade está servindo?”(você quer ser assim só para você mesmo ou para alguém mais? Imagine como esse alguém o veria com essa identidade).

  14. Pense em alguém que você acha que já tem esse “espírito”. Veja se ele quer ser seu mentor, ou seja, passar para você esse “espírito”. Se a resposta for positiva, caminhe até ele e receba esse “espírito”. Ancore- o como recurso no mesmo lugar do corpo em que ancorou os recursos anteriores. Agradeça-lhe por isso e volte à posição “espírito”. Verifique o que está sentindo nesse momento. Agradeça-lhe por isso e volte à posição “espírito”. Verifique o que está sentindo nesse momento. Sinta a plenitude do “eu” que você é nesse momento.

  15. Mantenha a fisiologia e o sentimento que você está experimentando nesse momento e vá voltando lentamente para cada espaço, incorporando mentalmente ao seu “espírito” a sua identidade/missão, suas crenças e valores, habilidades/capacidades e comportamento.





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   69   70   71   72   73   74   75   76   ...   126


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal