Dados internacionais de Catalogação na Publicação (cip)



Baixar 1,42 Mb.
Página43/126
Encontro06.04.2018
Tamanho1,42 Mb.
1   ...   39   40   41   42   43   44   45   46   ...   126
Consulte suas “partes”
Se você tem um hábito que gostaria realmente de não ter (fumar, beber, comer demais, por exemplo) considere o seguinte:

Se você fuma, mas não quer realmente fumar, então existem em você duas “partes” antagônicas que precisam entrar em acordo. Uma delas acha que fumar é bom para você, outra acha que é ruim. Cada “parte” é um “programa” que precisa ser informado sobre as vontades das outras. E ambas precisam ser atendidas para que o seu sistema neurológico mantenha o equilíbrio. Afinal, você não quer parar de fumar e começar a beber ou a comer doce no lugar não é?

Cada “parte”, para deixar de fazer o que faz, precisa ser “convencida” de que o comportamento que vai ser adotado é positivo e vai trazer melhor resultado para o organismo como um todo do que aquele que vai ser abandonado. Se não houver esse convencimento, ela simplesmente o boicotará.

Nunca critique a “parte” que gera o comportamento indesejado, pois ela sempre o faz com intenção positiva. Reconheça que o comportamento indesejado tem aspectos positivos, mas faça-a sempre reconhecer as vantagens que haveria para o organismo em se adotar uma nova resposta.

Transforme qualquer aspecto negativo do comportamento que você quer adotar (parar de fumar, se for o caso), em aspecto positivo, sem, no entanto, contradizer a “parte” responsável pela sua geração. Por exemplo, se a “parte” fumante disser que “ficar sem fumar em uma reunião de trabalho a

deixará impaciente” você pode dizer para ela que isso é verdade e a abstinência fará com que você “pense e fale mais claramente na reunião, além de eliminar o hálito horrível que o tabaco provoca.”( Não use conjunções adversativas do tipo mas, só que, no entanto, etc).

Observe atentamente a linguagem que elas usam quando estão “falando”. Que tipo de verbo utilizam? Verbos visuais como ver, clarear, mostrar, notar, etc.? Verbos auditivos como ouvir, escutar, soar, falar, etc? Verbos cinestésicos como sentir, pressionar, pegar, bater etc.

Com essas recomendações em mente, faça o exercício a seguir.





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   39   40   41   42   43   44   45   46   ...   126


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal