Curso de pedagogia adriana da silva ferreira


INCLUSÃO ESCOLAR DE ALUNOS COM DEFICIÊNCIA NA PERSPECTIVA DE ESTAGIÁRIOS E PROFESSORES



Baixar 209,35 Kb.
Página2/18
Encontro10.08.2018
Tamanho209,35 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   18
INCLUSÃO ESCOLAR DE ALUNOS COM DEFICIÊNCIA NA PERSPECTIVA DE ESTAGIÁRIOS E PROFESSORES

Monografia apresentada ao Curso de Pedagogia do Centro de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, como requisito parcial para obtenção do título de Licenciatura em Pedagogia.


BANCA EXAMINADORA

________________________________________________________________

Prof.ª Dr.ª Adriane Cenci (Orientadora)

Universidade Federal do Rio Grande do Norte


________________________________________________________________

Prof.ª Dr.ª Maria Cristina Leandro de Paiva

Universidade Federal do Rio Grande do Norte


________________________________________________________________

Prof.ª Dr.ª Priscila Ferreiro Ramos Dantas

Secretaria Municipal de Educação de Natal



RESUMO
FERREIRA, Adriana da Silva. Inclusão escolar de alunos com deficiência na perspectiva de estagiários e professores. Pedagogia. UFRN, 2017.

A inclusão dos alunos com deficiência nas escolas regulares tem levantado uma série de discussões entre os educadores e tem exigido que as instituições se reconfigurem para atender esses alunos. Essa pesquisa teve como objetivo compreender como os profissionais que trabalham junto aos alunos com deficiência na escola – o professor e o estagiário – percebem a inclusão e o papel que eles tem nesse processo inclusivo. Para tanto, foram realizadas entrevistas com professores e estagiários da educação infantil, do ensino fundamental I, do ensino fundamental II e do ensino médio. Foram 4 professores e 4 estagiários, sendo um sujeito para cada nível de ensino, de escolas e turmas diferentes. As entrevistas foram o principal instrumento de produção de dados nessa pesquisa, que pode ser caracterizada como um estudo multicasos. Os dados obtidos foram organizados em quatro categorias, elas discorrem sobre as dificuldades que os estagiários encontram, a ausência de profissionais habilitados para o trabalho com alunos com deficiência, os desafios de mediar os conteúdos e os avanços que os sujeitos percebem no processo de inclusão. Concluiu-se que esses professores e estagiários apostam no potencial da proposta inclusiva para transformação da escola, mas que no momento enfrentam muitas dificuldades para trabalhar com o aluno com deficiência.





Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   18


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal