Criar é a grande libertação da dor e o alívio da vida



Baixar 64.5 Kb.
Página1/8
Encontro05.03.2019
Tamanho64.5 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8




O CRIAR E A PLASTICIDADE DO PASSADO
Afonso H Lisboa da Fonseca, psicólogo.




Laboratório Experimental de Psicologia Fenomenológico Existencial

Rua Alfredo Oiticica, 106. Farol. 57050-170 Maceió - AL. Brasil

http://www.terravista.pt/fernoronha/1411 e-mail:affons@uol.com.br

Maceió AL

2000
O CRIAR E A PLASTICIDADE DO PASSADO
Afonso H Lisboa da Fonseca, psicólogo.

"Poeta, advinho e redentor do acaso, ensinei-lhes a trabalhar o futuro e, criando, a libertar tudo o que já foi.

"Libertar o passado no homem e transformar o 'era' até que a vontade possa dizer: 'Mas foi assim que eu quis! É assim que eu quero!'

Foi isto que eu chamei a sua salvação, isto só que eu lhes ensinei a chamar salvação."

(Nietzsche, in Assim Falou Zaratustra, p.196)



"O presente e o passado na terra -- meus amigos! Eis para mim, a coisa mais intolerável; e eu não conseguiria viver se não fosse ao mesmo tempo um vidente do que deve fatalmente acontecer.

'Um vidente, uma vontade, um criador, um futuro e uma ponte para o futuro... e -- oh!, sorte! -- de certo modo também um doente que se encontra nesta ponte.

'Caminho entre os homens como entre fragmentos de futuro, desse futuro que contemplo. E tudo o que faço e me proponho a fazer destina-se a realizar e a reunir numa única coisa o que está fragmentado e tudo o que é enigma e acaso cruel.

'E como aceitaria eu ser homem, se o homem não fosse também poeta e decifrador de enigmas e o redentor do acaso!

'Libertar os homens passados e transformar todos os 'Aconteceu' em 'Foi assim que eu quis' -- eis o que, antes de qualquer coisa chamo redenção.

(op. cit. p.137)


'Pelos meus filhos quero resgatar o facto de eu ser o filho de meus pais: e por todo o futuro -- este presente!"

(op.cit. p.118)

Um dos aspectos mais curiosamente interessantes da filosofia da vida de F. Nietzsche é, em contraste com a perspectiva do senso comum, o desvelamento de uma perspectiva, e a ênfase em uma perspectiva, perspectiva muito realista do real segundo a qual o passado é eminentemente plástico.

Decorrente da criatividade conseqüente a uma atitude de identificação com, e de afirmação, do ser, da vida, em sua totalidade -- o que envolve a aceitação e a afirmação do acaso, do sofrimento e da finitude -- a plasticidade do passado configura-se como uma relativização e trans-form-ação de seus sentidos e de seus efeitos. A criatividade da ação afirmativa desloca, assim, os sentidos e efeitos do passado, e constitui-se como trânsito do devir.

Não se trataria, evidentemente, do simplorismo ingênuo de afirmar que os fatos efetivos não aconteceram. Mas fundamental e profundamente a compreensão conseqüente de que a facticidade dos fatos configura-se, na verdade, em sua efetividade, nos sentido deles e nos seus efeitos. E estes, por mais pesados e impositivos, são, efetivamente, plásticos, e submetem-se à atualidade. Em especial, à modalidade afirmativa-criativa desta. Uma das ousadias, assim, da Filosofia da Vida de F. Nietzsche é exatamente, num certo sentido, a de propor uma reinvenção do passado, e uma libertação da tirania do peso de sua inércia.

Contrapõe-se esta perspectiva à pesada e dolorosa perspectiva do sofrimento, da finitude e da perda, tragicamente exposta, por exemplo, na citação de Hilda Hilst, em seu poema fúnebre para o amado Lorca:



(...)
"Muitos dizem: 'mas está vivo, não vês? Está vivo!
Se todos o celebram, se todos o cantam!? (...)'
Estás morto!
Sabes porquê?

Catálogo: mari -> ECP -> material%20pag%20web
material%20pag%20web -> Reflexões sobre a acp pós-rogers os Encontros da acp
material%20pag%20web -> Iniciando de si mesmo para compreender a fenomenologia e o existencialismo
mari -> O caminho dos Sonhos
material%20pag%20web -> PerspectivaçÕes da experimentaçÃo fenomenológico existencial 2
material%20pag%20web -> Fatal mesmo é crer na fatalidade
material%20pag%20web -> InterpretaçÃo fenomenológico existencial
material%20pag%20web -> PerspectivaçÕes acerca da experimentaçÃo fenomenológico existencial 7
material%20pag%20web -> PerspectivaçÕes acerca da experimentaçÃo fenomenológico existencial 1
material%20pag%20web -> PerspectivaçÕes acerca da experimentaçÃo fenomenológico existencial 3
material%20pag%20web -> Texto sem revisãO

Baixar 64.5 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
Processo seletivo
ensino fundamental
ensino médio
terapia intensiva
Conselho nacional
minas gerais
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
saúde mental
educaçÃo infantil
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
outras providências
secretaria municipal
catarina prefeitura
recursos humanos
Dispõe sobre
Conselho municipal
Colégio estadual
consentimento livre
psicologia programa
ministério público
conselho estadual
público federal
Serviço público