Comportamento organizacional


Desenvolvimento de Recursos Humanos



Baixar 72,61 Kb.
Página4/9
Encontro03.03.2018
Tamanho72,61 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9
Desenvolvimento de Recursos Humanos – elaboração e manutenção de planos de carreiras; participação em programas de desenvolvimento gerencial; participação em programas de desenvolvimento interpessoal; programação do desenvolvimento de RH em consonância com o planejamento estratégico da organização; promoção de programas educacionais e culturais; implantação de plano de desenvolvimento).
  • Avaliação de Desempenho – escolha de tecnologia de elaboração do programa; implementação de programas de avaliação de desempenho nas organizações; coordenação de realização periódica do programa; análise de resultados específicos para programas afins - treinamento, desenvolvimento de RH, etc; elaboração de propostas de mudança organizacional baseadas nos resultados do programa de avaliação de desempenho; análise de potencial dos empregados; realização de consultoria em avaliação.
  • Condições de Trabalho – participação em equipe multidisciplinar de intervenção ergonômica no trabalho; treinamento de empregados em prevenção de acidente de trabalho com o técnico de segurança do trabalho; realização de campanha educacional relacionada à melhoria das condições de trabalho; identificação de aspectos psicossociais ligados à segurança no trabalho; realização de pesquisas nesta área.
  • Plano de Cargos e Salários – realização de análise organizacional visando à implantação de plano de cargos e salários; descrição e especificação de cargos; realização de análise de cargos; implantação de plano de cargos e salários em equipe multidisciplinar; avaliação periódica do plano implantado, com o objetivo de sua atualização; intervenção junto aos empregados, mediante palestras e outros meios de comunicação, para a implantação do plano de cargos e salários.
  • Mudança e Análise das organizações – realização de diagnósticos psicossociais que sirvam de subsídios para decisões ligadas a mudanças organizacionais; participação em equipes multidisciplinares de intervenção para mudanças organizacional; realização de intervenção psicossociológica; realização de consultoria para esta área da Psicologia do Trabalho; realização de análise institucional; participação em equipe multidisciplinar para implantação de programas como ampliação e enriquecimento do trabalho.
  • Gerência – ocupação de cargos de gerência das áreas de atuação da Psicologia do Trabalho; ocupação de cargos de gerência em áreas afins, como RH, e.g....
  • Ensino e Pesquisa – ensino em curso superior de Psicologia; ensino em cursos de pós-graduação (aperfeiçoamento, atualização, especialização e stricto-sensu); realização de pesquisa em áreas básicas ligadas à Psicologia do Trabalho, como o planejamento de RH, avaliação de desempenho e saúde mental no trabalho; treinamento e desenvolvimento de RH; planejamento de cargos e salários que promove o significado do trabalho humano, etc.; realização de pesquisa aplicada à Psicologia do Trabalho.

    Encontra-se, na literatura, uma diversidade de pesquisas sobre os campos de atuação e área considerados pelos autores como sendo áreas de atuação ou temas estudados no processo. Para Pfromm Neto (1990), e.g., essa divisão se dá em quatro áreas: a Psicologia de Pessoal, Psicologia Organizacional, a Ergonomia, e a Psicologia do Consumidor. Detalhadamente, essa divisão é lista abaixo:




    1. Compartilhe com seus amigos:
  • 1   2   3   4   5   6   7   8   9


    ©psicod.org 2017
    enviar mensagem

        Página principal