Colégio estadual desembargador antonio f. F. Da costa ensino fundamental, MÉdio, normal e profissional autorização de Funcionamento do Estabelecimento: dec. 111/67 – doe. 07/05/67 Reconhecimento do Estabelecimento: res



Baixar 78.5 Kb.
Página1/4
Encontro27.04.2018
Tamanho78.5 Kb.
  1   2   3   4



COLÉGIO ESTADUAL DESEMBARGADOR ANTONIO F. F. DA COSTA

ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO, NORMAL E PROFISSIONAL

Autorização de Funcionamento do Estabelecimento: DEC. 4.111/67 – DOE. 07/05/67

Reconhecimento do Estabelecimento: RES. 3.391/83 – DOE. 03/10/83

Rua Rio Grande do Sul, 125 – Centro – Guaraniaçu - Paraná

Fone/Fax (0xx45) 3232 1272 - CEP 85.400-000



CURSO DE FORMAÇÃO DE DOCENTES

DISCIPLINA DE FUNDAMENTOS PSICOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO



  1. APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA

Segundo Vigotski, o problema educativo (...) ocupa um lugar central na nova maneira enfocar a psique do homem decorrendo daí que, a nova Psicologia seja um fundamento para a educação numa medida muito mais do que era a psicologia tradicional.

O fato é que toda pedagogia tem em sua base uma concepção psicológica (explicita ou não) tanto quanto uma concepção psicológica (explicita ou não) tanto quanto uma fundamentação teórico - metodológica, uma concepção filosófica é um direcionamento político.

A Psicologia para Vigotski é mais que uma ciência psicológica em si mesma, é uma proposta de construção de uma ciência social, ampla e unificada na qual a proposta (relacionada a conteúdos escolares) visa, a reformulação do próprio espaço vital no qual se dá o trabalho, pedagógico. A organização do espaço educativo deve estar em consonância com os princípios que regem a formação de processos cognitivos do aluno enquanto sujeito que se faz na / pela relação que estabeleceu e estabelece com todo o texto social, possibilitando-lhe meios e oportunidades de inserir-se de forma ativa e criadora no próprio processo de conhecer.

Para Vigotski o próprio processo ensino aprendizagem tem que ser reformulado, enquanto outras concepções de aprendizagem procuram mudar os alunos em função de se adequarem melhor à transmissão de conhecimentos. No entanto, apesar de algumas contradições, muitas teorias influenciaram e influenciam a psicologia contemporânea e o estudo destas se faz necessário na busca de uma formação mais consciente ao entendimento da construção do processo ensino - aprendizagem no trabalho docente.

O desenvolvimento inicial de uma questão ainda indefinida se constitui na relação entre a chamada Pedagogia Histórico – Crítica e a contribuição da Psicologia Sócio Histórica de Vigotski. Observa-se um eixo comum que há de ser a visão de mundo, a concepção de homem e o método de abordagem da realidade, ainda que a Pedagogia Histórico – crítica se atenha a uma realidade distinta, inserida num universo maior. Ao mesmo tempo, a Psicologia sócio – Histórica, principalmente nos, trabalhos de Vigotski, não é uma ramificação de outra corrente psicológica, mais uma tendência própria e distinta, ainda que dialogue com outras tendências e não negue suas contribuições.

Porém, a concepção de aprendizagem Behaviorista já se distingue completamente de Vigotski, muito embora o “Sócius” esteja no cerne das formulações, na medida em que pretende um sujeito mais apto a lidar com os controles sociais no qual a aquisição de repertórios complementais passa inevitavelmente pelo processo de modelagem regulado pelo educador que controla a situação educacional.

Divergente completamente de Vigotski, na visão Skinneriana os processos cognitivos são relegados a segundo plano onde desconsidera-se as explicações cognitivas desnecessárias e de origem metafísica.

A proposta psicanalítica relacionada ao pensamento de Vigotski se interpõe como elemento de contribuição na construção da Psicologia da aprendizagem contemporânea. Para Freud, o que gera a cultura é a internalização, do social, refreando os impulsos biológicos. Segundo ele é inconcebível falar de psicologia social como uma área da psicologia pois, o “socia”l para Freud é um contexto mais ou menos circunscrito em relação à família.

Existe uma convergência de postura entre Vigotski e Piaget na medida em que a contribuição da Psicologia à educação não pode restringir-se à adaptação do educando ao sistema educativo embora esta convergência não exclua o fato de haverem diferenças quanto às posturas pedagógicas a saber: a importância da linguagem na formação dos processos psicológicos complexos ou superiores e o significado e a posição das relações sociais no curso do desenvolvimento da criança.

Piaget coloca o processo de desenvolvimento como um monólogo onde a criança enfrenta o mundo sozinha tendo como tarefa (correspondente ao seu nível de desenvolvimento) construir uma representação do seu mundo.

Além de Piaget, por partirem de uma mesma concepção filosófica Wallon se aproxima muito das ideias de Vigotski onde, na sua concepção predominava essencialmente a aposta no avanço do desenvolvimento em função das relações sociais.

No entanto, foi Vigotski quem concebeu a educação em termos mais viáveis. Para ele a educação era uma continuação do diálogo pelo qual se constrói um mundo social de realidades construídas. A consciência do professor e sua capacidade para fazer com que essa consciência seja acessível outros como ajuda para obter conhecimentos e habilidades, é um ponto crucial em sua teoria. É muito interessante que esta forma de diálogo seja o mesmo processo que cria a realidade historicamente condicionada da cultura.

Para Vigotski, o professor deve ser organizador do meio educativo porém, sem se considerar o motor principal do processo de aprendizagem, não pode omitir-se e nem se limitar a mero ―facilitador‖, ao contrário, é também um ser ativo e com sério compromisso, na medida em que propicia recursos e organiza-os de forma a possibilitar o avanço do aluno em relação aos conhecimentos e aos próprios processos metais envolvidos na atividades ensino – aprendizagem.




  1. EMENTA

Introdução ao estudo da Psicologia; Introdução à Psicologia da educação; Principais teorias psicológicas que influenciaram e influenciam a psicologia contemporânea: Skinner e a psicologia Comportamental; Psicanálise e educação. O sociocontrutivismo: Piaget, Vygotsky, Wallon. Psicologia do desenvolvimento da criança e do adolescente. Desenvolvimento da criança e do adolescente. Desenvolvimento humano e sua relação com a aprendizagem. A linguagem, os aspectos sociais, culturais e afetivos da criança e a cognição.






  1. Baixar 78.5 Kb.

    Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
Conselho nacional
minas gerais
terapia intensiva
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
Colégio estadual
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
extensão universitária
língua portuguesa