Centro espírita nosso lar


E' preciso avançar, sem olhar para trás



Baixar 428,23 Kb.
Página14/30
Encontro15.08.2018
Tamanho428,23 Kb.
1   ...   10   11   12   13   14   15   16   17   ...   30
E' preciso avançar, sem olhar para trás - O Cristo pairava naquele grupo de almas afeiçoadas ao Evangelho. Todos provinham de experiências aflitivas em que temperaram o ânimo nos altos-fornos dos testemunhos bem vividos, compreendendo, desse modo, as reais finalidades da reencarna­ção. O mergulho na carne não constitui, exclusivamente, uma punição, processo de resgate de débitos, mas também santa oportunidade de cresci­mento e auto-realização. O corpo é patrimônio divino de que nos devemos utilizar com respeito, consagrando-o aos misteres enobrecedores aos quais se destina. Instrumento de ascensão, é também campo feliz, quando amparado pelo amor, para efusões ditosas, por cujo intermédio a paterni­dade estreita a vida nos braços da redenção, facultando-se aos desafetos reencontros e reequilíbrios que os fazem amparar-se mutuamente, restabe­lecendo vínculos despedaçados e reestruturando realizações em soçobro. Na família Ferguson, o sofrimento abriu as  áreas de semeação, em que o arado das expiações e das provações sulcou a terra adusta para a semen­teira divina do Evangelho da Vida. Rafael, realmente vitorioso sobre si mesmo, guardava na face e no corpo os sinais e as mutilações das bata­lhas que tivera de travar. Quando o homem mau se decide à bondade, é ar­dente na recuperação do tempo malbaratado e na redenção de si mesmo. Tudo investe e nada teme até o encontro marcado com a consciência libe­rada. "O reino dos céus deve ser tomado de assalto", porque, em modor­renta decisão, desperdiçam-se oportunidades antes de se colimar a meta. E' preciso, pois, que os discípulos do Consolador decidam-se, sem "olhar para trás", ao avanço que pretendem empreender. Era o que ocorreu com Rafael, que não malograra apenas em Dax, como Sr. Georges, pois que, an­tes dessa existência, estivera como governante mais arbitrário decidindo destinos na velha fortaleza que se destaca, ainda, sobre a cidade... Volvendo aos mesmos sítios, para recuperar-se, fracassou, agravando mais ainda suas responsabilidades, em face dos novos delitos que o tornaram inditoso precito. (Cap. 27, pp. 261 e 262)
10.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   10   11   12   13   14   15   16   17   ...   30


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal