Casa de Repouso Sunshine



Baixar 3.98 Mb.
Página8/34
Encontro02.03.2019
Tamanho3.98 Mb.
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   ...   34

2.3.2. Demografia


Em todo o mundo, a proporção de pessoas com 60 anos ou mais está crescendo mais rapidamente que a de qualquer outra faixa etária. Entre 1970 e 2025, espera-se um crescimento de 223 %, ou em torno de 694 milhões, no número de pessoas mais velhas. Em 2025, existirá um total de aproximadamente, 2 bilhões de pessoas com mais de 60 anos. Até 2050 haverá dois bilhões, sendo 80% nos países em desenvolvimento. (Disponível em:. Acesso em 28 de abril de 2014)

Existem diferenças marcantes entre as regiões quanto à participação das pessoas idosas no conjunto da população. Nas mais desenvolvidas, cerca de 12% da população, em 1950, tinham 60 anos ou mais.



No ano 2000, essa proporção havia crescido consideravelmente na Europa, passando para 20,3%; em ritmo menos intenso na América do Norte, onde atingiu 16,2%; e apenas 2 pontos percentuais na Oceania, onde chegou a 13,4%. As projeções indicam que, em 2050, a Europa terá cerca de 36,6% de sua população naquela faixa etária, contra 27,2% estimados para a América do Norte e 23,3% para a Oceania. (Disponível em http://www.previdencia.gov.br/arquivos/office/3_081208-173354-810.pdf. Acesso em 28 de abril de 2014).

Fonte: (Disponível em:. Acesso em: 28 de abril de 2014)



À medida que as populações envelhecem, a pirâmide populacional triangular de 2002 será substituída por uma estrutura mais cilíndrica em 2025. (Disponível em http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/envelhecimento_ativo.pdf. Acesso em 28 de abril de 2014).

Fonte: Disponível em: Acesso em: 28 de abril de 2014)

Até agora, o envelhecimento da população esteve muito associado às regiões mais desenvolvidas do mundo. Por exemplo, nove entre dez países com população maior do que 10 milhões e maior proporção de habitantes idosos estão na Europa. Espera-se pouca mudança nesta ordem até 2025, quando os indivíduos com 60 anos ou mais irão formar aproximadamente um terço da população de países como Japão, Alemanha e Itália, seguidos de perto por outros países europeus.(Disponível em: . Acesso em 28 de abril de 2014).

Segundo as projeções estatísticas da Organização Mundial de Saúde o Brasil deverá ser o sexto país do mundo em contingente de idosos até o ano 2025. (Disponível em: http://www.unitoledo.br/anexos/paginas/106-envelhecimento%20populacional.pdf. Acesso 28 de abril de 2014).

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Japão é o país com a maior média de expectativa de vida do mundo. O segredo da longa vida dos japoneses está na combinação de dieta balanceada, acesso a medidas de saúde pública, educação e hábitos de higiene. Os pesquisadores reforçam que a herança cultural dos japoneses, a prática de atividades físicas, ajudou a manter os índices altos. No Japão, check-ups regulares são normais e oferecidos em larga escala em escolas e no trabalho, a todos, pelo governo. (Disponível em http://www.ecodesenvolvimento.org/posts/2012/junho/politicas-publicas-e-habitos-saudaveis-sao-chaves. Acesso 29 de abril de 2014).



Baixar 3.98 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   ...   34




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
ensino médio
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
Curriculum vitae
oficial prefeitura
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
assistência social
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
outras providências
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
secretaria municipal
Dispõe sobre
Conselho municipal
recursos humanos
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
psicologia programa
ministério público
língua portuguesa
público federal
Corte interamericana