Caderno de


manter a articulação com as demais categorias dos SPF para a luta contra a aprovação da PEC 306/08 e do PL 092 das Fundações Estatais; 7



Baixar 0,77 Mb.
Página174/180
Encontro28.11.2019
Tamanho0,77 Mb.
1   ...   170   171   172   173   174   175   176   177   ...   180
6. manter a articulação com as demais categorias dos SPF para a luta contra a aprovação da PEC 306/08 e do PL 092 das Fundações Estatais;

7. construir com a CNESF e GT-Trabalhadores do Serviço Público, da CONLUTAS, uma proposta para agilizar o processo de regularização das consignações junto ao MPOG, uma vez que esse problema diz respeito a várias entidades dos SPF;

Lutar contra o conjunto de normas e proposições do Governo que tentam destruir o projeto de Instituição Pública de Ensino Superior, defendido pelo ANDES-SN.

8. Denunciar a flexibilização do regime de Dedicação Exclusiva e lutar contra qualquer regulamentação deste regime que traga efeitos negativos, como os relativos ao princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão e para o padrão unitário de qualidade, defendidos historicamente pelo movimento docente. Realizar esta luta por meio de ampla divulgação e mobilização docente, articulação com as entidades estudantis e de técnicos-administrativos, pedido de manifestação a respeito deste assunto pelas Reitorias e Conselhos Superiores, bem como denúncia a toda a sociedade;



9. indicar ao Setor dos docentes das IFES a elaboração de um calendário de lutas que, na medida do aprofundamento dos ataques ao regime de DE e de insistência do governo em sua atitude de não negociação da Pauta de Reivindicações dos Docentes do Setor das IFES, arme o Sindicato para o embate que terá de ser travado. Na elaboração das pautas locais, dar destaque especial aos recentes ataques ao regime de Dedicação Exclusiva;

10. indicar ao Setor das IFES a realização de um dia de paralisação contra as investidas governamentais para acabar o Regime de Trabalho de Dedicação Exclusiva ou descaracterizá-lo;

11. desencadear um ciclo de esclarecimento aos docentes demonstrando que as ações sincronizadas, impulsionadas pelo governo, de reestruturação do sistema federal de educação, da substituição do paradigma constitucional sobre relações de trabalho e do achatamento do salário-base da categoria aprofundam a precarização das condições de trabalho nas IFES e a qualidade do trabalho acadêmico;

12. denunciar as iniciativas autoritárias promovidas por diversas reitorias, estimuladas pelo governo, de alterações estatutárias e administrativas das IFES, a título de promover “choques de gestão”, cujos preceitos fazem parte do conceito neoliberal de reforma de Estado. Em contraposição a estas ações, articular o movimento docente com os estudantes e técnicos-administrativos para reverter estes ataques;




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   170   171   172   173   174   175   176   177   ...   180


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
terapia intensiva
Conselho nacional
Curriculum vitae
oficial prefeitura
ensino médio
minas gerais
Boletim oficial
Concurso público
educaçÃo infantil
Universidade estadual
seletivo simplificado
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
assistência social
ciências humanas
Atividade estruturada
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
Dispõe sobre
outras providências
recursos humanos
secretaria municipal
Conselho municipal
psicologia programa
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
Relatório técnico
Corte interamericana
público federal
ministério público