Caderno de


articular essa proposta com o movimento sindical, em especial o dos servidores públicos, buscando ampliar o alcance da mobilização; 13



Baixar 1,23 Mb.
Página138/180
Encontro28.11.2019
Tamanho1,23 Mb.
1   ...   134   135   136   137   138   139   140   141   ...   180
12. articular essa proposta com o movimento sindical, em especial o dos servidores públicos, buscando ampliar o alcance da mobilização;

13. denunciar ao Ministério Público e às Delegacias de Trabalho, repercutindo esta denúncia nos meios de comunicação sindicais e institucionais, o assédio moral como causa crescente de doenças físicas e psíquicas entre docentes;

14. realizar, por meio das seções sindicais, trabalho acerca das diversas formas de assédio moral sobre docentes, especialmente sobre aqueles em estágio probatório e substitutos;

15. promover, por intermédio das secretarias regionais e seções sindicais, seminários locais, com vista à realização de um seminário nacional, que debatam as diversas formas de assédio moral, com o fim de instrumentalizar os docentes do ponto de vista político e jurídico;

16. articular junto à CONLUTAS e às entidades de defesa dos direitos humanos e aos movimentos dos trabalhadores do campo e da cidade, a denúncia contra a criminalização dos movimentos sociais e a reativação do FÓRUM NACIONAL CONTRA A CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS;



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   134   135   136   137   138   139   140   141   ...   180


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal