Caderno de


Quanto às ações contra a privatização na Educação Superior



Baixar 0,77 Mb.
Página121/180
Encontro28.11.2019
Tamanho0,77 Mb.
1   ...   117   118   119   120   121   122   123   124   ...   180
Quanto às ações contra a privatização na Educação Superior

105. denunciar junto ao Ministério Público que, sob o argumento de regulamentar a autonomia das Universidades Federais, o decreto do MEC/ANDIFES, em gestação, entre outros, pretende legalizar várias das interferências das fundações privadas, ditas de apoio, no interior das universidades, ao mesmo tempo em que facilitaria o trânsito de profissionais entre as universidades e o setor privado;

106. denunciar publicamente as manobras contidas nas medidas do governo para legalização de irregularidades denunciadas pelo TCU;

107. lutar para impedir a efetivação nas IES das medidas que mercantilizam a educação e a produção do conhecimento, como as contidas na Lei de Inovação Tecnológica, PPP, ProUni, SINAES e o Decreto nº 5.205/04 do MEC, que regulamenta as fundações privadas de apoio;




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   117   118   119   120   121   122   123   124   ...   180


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
terapia intensiva
Conselho nacional
Curriculum vitae
oficial prefeitura
ensino médio
minas gerais
Boletim oficial
Concurso público
educaçÃo infantil
Universidade estadual
seletivo simplificado
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
assistência social
ciências humanas
Atividade estruturada
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
Dispõe sobre
outras providências
recursos humanos
secretaria municipal
Conselho municipal
psicologia programa
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
Relatório técnico
Corte interamericana
público federal
ministério público