Caderno 1 a graçA, deus, jesus, o espírito ir. Giovanni Bigotto termo de apresentaçÃO



Baixar 262,06 Kb.
Página24/41
Encontro28.11.2019
Tamanho262,06 Kb.
1   ...   20   21   22   23   24   25   26   27   ...   41
2. É o Cristo que reza em nós

Quando um cristão reza verdadeiramente, reza conforme a religião de Jesus, isto é, conforme a religião do Espírito de Verdade (pensemos na Samaritana); quando uma pessoa reza e que sua vida é verdadeiramente cristã, é o Cristo, primogênito do seio de Maria quem reza nela; sua oração não é senão a vida de Cristo que se exprime em palavras. “Ninguém pode dizer Jesus, senão no Espírito”, afirma São Paulo. Foi o Espírito que conduziu Jesus ao deserto para aí fazer penitência. Se procurarmos saber quais são as relações entre Jesus e o Espírito, veremos como o homem Jesus é movido pelo Espírito, e o mesmo Espírito que animou Jesus é ainda o que faz viver Jesus em nós. E quando rezamos, rezamos em duplo movimento: nossa palavra atinge o Verbo, que se faz Palavra para o Pai numa carne humana.

Em Jesus, Deus se humanizou para valer, não para rir: a Encarnação tem enormes conseqüências... Deus se fez homem, assumiu a linguagem dos homens, exprimiu-se como homem e teve de falar ao Pai como homem; em suma, é Deus que fala a Deus, partindo do homem, e é por isso que a oração é a humanização orante de Deus. (Circ. Prática sobre A Oração, pp. 493-494).




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   20   21   22   23   24   25   26   27   ...   41


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal