Caderno 1 a graçA, deus, jesus, o espírito ir. Giovanni Bigotto termo de apresentaçÃO


Uma ternura maior do que aquilo que podemos imaginar



Baixar 262,06 Kb.
Página15/41
Encontro28.11.2019
Tamanho262,06 Kb.
1   ...   11   12   13   14   15   16   17   18   ...   41
3. Uma ternura maior do que aquilo que podemos imaginar

A vontade de Deus é apenas o meio de esclarecer para nós o melhor futuro possível, o meio de comunicar os melhores dons espirituais e humanos através da história, porque Deus quer realmente tornar-nos participantes de um maravilhoso plano de bondade e de amor.

Isso muda completamente a fisionomia da vontade de Deus. Já meditaram vocês realmente o Salmo 49: “Se tenho fome, irei dizê-lo a ti? Não sei o que fazer dos novilhos de tua casa... Conheço todos os pássaros das montanhas”. Deus não precisa disso nem daquilo. O que ele pede não é para si, é para nosso bem, mas nosso bem é coletivo. Deus não pode querer que eu seja assassino de meu irmão. Se devo viver amanhã com o Irmão X, Deus não pode querer que eu procure minha felicidade e minha realização à custa do sangue e do sacrifício de meu irmão e que meu irmão seja escabelo de meus pés.

O que ele quer é que nós nos amemos fraternalmente e que, juntos, realizemos nosso bem. Essas são coisas, porém, que não nos entram facilmente na cabeça. É necessário mudar a cor de um certo ascetismo, porque Deus não é um carrasco, menos ainda um carrasco sádico. E em sua santa vontade palpita sempre uma ternura maior do que aquilo que podemos imaginar. (Circ. sobre a Obediência, pp. 20 e 21).






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   11   12   13   14   15   16   17   18   ...   41


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal