Caderno 1 a graçA, deus, jesus, o espírito ir. Giovanni Bigotto termo de apresentaçÃO



Baixar 262.06 Kb.
Página11/41
Encontro28.11.2019
Tamanho262.06 Kb.
1   ...   7   8   9   10   11   12   13   14   ...   41
3.2. Deus é amor
É o aspecto sobre o qual Basílio volta seguidamente, porque é o aspecto que ele mais experimenta na sua oração e na sua vida. Sua mais clara convicção é que Deus é amor e nada mais que amor, sempre amor. Na sua Circular sobre A Obediência escreve esta frase forte: “Em sua santa vontade palpita sempre uma ternura maior do que aquilo que podemos imaginar”.26 Mas deixemo-nos orientar por uma conferência de Retiro que Basílio pregou em Logronho (Espanha), em 1972, sobre o tema da Oração.27 Essa nos permite descobrir as convicções e a vida de Basílio. Após ter expressado sua fé em Deus-Amor, ele desce às constantes desse amor:

  • É um amor gratuito. Cita de bom grado o versículo de João – “Deus é amor” – e comenta; “Portanto, Deus é amor, amor gratuito, que nem é provocado, nem condicionado, nem produzido... Deus é amor gratuito. Ele não te ama porque tu o amas. Ele não te ama porque tu és digno de ser amado. Ele não te ama porque tu terias criado em tua vida as condições que te fizessem digno desse amor. Deus te ama porque Ele é amor. Ponto-final! Quando João nos diz que Deus é Amor, diz-nos que Ele nos ama, que não faz outra coisa do que amar-nos e que Deus não pode senão amar-nos. E essa é a verdade primeira, a verdade fundamental. Devemos insistir sobre o fato de que o amor de Deus é ‘gratuito e eterno’”.

  • É também um amor histórico, no sentido de que Ele se aproximou de nós, entrou em nossa história pela Encarnação do Filho, alcançou-nos por dentro, no tecido da aventura humana.” E Basílio explicita: “... amor histórico, quer dizer, Irmãos, que esse amor nos acompanha ao longo de nossa existência e guia a existência humana com suas mãos amorosas e com uma vida de amor”.

  • Além disso, o amor de Deus é fiel... Vivo na confiança total de que Deus é de tal forma fiel em seu amor, que nossa vida se acabará pelo triunfo da caridade, do amor de Deus sobre o miserável amor humano”.

  • Esse amor é eficaz. Não dá uma justificação exterior, mas interior, com o poderoso mistério que plantou em nosso coração, com o Espírito que foi infundido em nosso coração. Esse amor atuante terminará por nos transformar”.

  • Amor eficaz, mas também flexível. Nós é que somos rígidos. Ele é um Deus paciente (mas muitas vezes somos nós que marcamos o ritmo a Deus por uma vida espiritual mediana)”. E Basílio no-lo diz humoristicamente: “Então vejamos se é melhor para nós tomarmos um ritmo de jegues cansados ou tomarmos um andamento rápido”.

  • Enfim, é um amor concreto e inculturado. Isso quer dizer que é um amor-projeto. E esse projeto prevê o caminho, a estratégia, os meios para realizá-lo...”. É aqui que Basílio cita a Carta aos Romanos (Rm 8,29-30: “Aos que Deus conheceu, também os predestinou...”.

  • O amor de Deus é também constantemente misericordioso... Irmãos, Deus se abaixa até o barro para fazer-nos sair de nossa indignidade... Aquele que nos deu Jesus Cristo, como com Jesus Cristo não nos daria todas as coisas? Mas nós somos uns imbecis – desculpem o termo – se Deus nos dá seu Filho, como é que não nos daria o perdão?”.

  • Esse amor é personalizado. Tem todas as características acima, mas em cada pessoa toma nuanças, ritmos, um programa diferente.” Na Circular sobre a Obediência encontramos esta imagem evocativa: “Deus não é uma indústria que produz, em serie, idênticas garrafas de coca-cola. Deus compõe a riqueza de sua Igreja com exatidão, mas também com extrema variedade de naturezas espirituais que se unificam em povo de Deus. São os carismas. É a complementaridade”.28

  • É um amor que dialoga com nossa liberdade. A grandeza de Deus consiste em jogar com essa liberdade humana – que é verdadeira liberdade – com esse homem que tem verdadeiro poder de proceder mal – mesmo se Deus não quer que ele proceda mal.”29 Algumas páginas acima,30 lemos: “Deus, acima de nós, é um amor que se dá a mim em forma de mistério, que se dá a mim como tarefa que é primeiro descoberta, depois amor apaixonado, em seguida realização. Posso recusar-me a essa vontade, mas se a procuro, encontrá-la-ei certamente. Deus se oferece a nós como dom e como graça e espera nossa resposta. Nossa resposta consiste em pôr em ação nossa liberdade, para abraçar sua vontade”.

  • É um amor que leva sempre ao cumprimento do segundo mandamento: ‘Amarás a teu próximo como a ti mesmo’”. Encontraremos essa exigência apresentada no estudo da oração, no capítulo sobre o amor e na segunda parte do livro, que trata de Basílio como o homem entregue a seus Irmãos.

  • O Amor de Deus é Jesus Cristo. Eis a maravilha de nossa existência. Um dia, quando se completaram os tempos, Deus enviou seu Filho à Terra. E o Cristo toma como esposa uma prostituta – não é para rir que os Padres chamam a Igreja ‘a casta prostituta’ – arrancada do canteiro de obras do mundo, onde abunda o pecado. É com homens pecadores que Jesus formou sua Igreja, com carne de pecado que deve ser salva e que é salva.” Na Circular Um novo espaço para Maria, em que consagra várias páginas para explicar o que é o Mistério, encontramos esta frase: “Seu objeto é a Boa-Nova anunciada pelo Evangelho de Jesus Cristo: Deus nos ama gratuitamente e nos adota como filhos no Bem-Amado, dando-nos o Espírito!”.31 Basílio insiste nesta verdade: “Segundo certa filosofia, o homem jogado na história, vem do nada e vai para o nada. Aos olhos da fé, as coisas não são assim. Nós vimos de um amor preferencial de Deus que nos elegeu no seu Bem-Amado e somos destinados a participar da glória eterna desse Filho’.32 Este ponto, o Filho entre nós, é tão capital para Basílio que merece um espaço especial.





Baixar 262.06 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   7   8   9   10   11   12   13   14   ...   41




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
ensino médio
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
Curriculum vitae
oficial prefeitura
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
assistência social
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
outras providências
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
secretaria municipal
Dispõe sobre
Conselho municipal
recursos humanos
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
psicologia programa
ministério público
língua portuguesa
público federal
Corte interamericana