Biografia de martin heidegger



Baixar 87 Kb.
Página11/11
Encontro02.03.2019
Tamanho87 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11
Miguel Pompéia: A Fenomenologia, afinal, é filosofia ou psicologia?
Pompéia - A fenomenologia é filosofia. Só que, na sua proposição filosófica, ela faz um convite muito particular às ciências do homem de um modo geral, e à Psicologia em particular. Tanto que o criador da fenomenologia, tal como nós a conceituamos no século 20, apresenta a fenomenologia como uma psicologia de rigor. Portanto, dentro do próprio âmbito epistemológico em que a fenomenologia nasce e se desenvolve, o vínculo com a Psicologia já é muito estreito. A segunda coisa é que a fenomenologia alerta para o caráter precário do conhecimento psicológico.

Enquanto posição filosófica, ela tem uma postura crítica diante da Psicologia. Essa crítica não significa uma destruição da Psicologia, nas apenas a recuperação do alerta necessário para que o psicólogo não esqueça que, como dizia Nietzche, o seu ídolo tem pés de barro. Nesse sentido, ela também se propõe a busca de um instrumento que possa libertar a Psicologia, como ciência humana propriamente.

É preciso lembrar que a condição humana é descrita, de modo geral, como uma composição entre elementos diferentes, no mínimo entre animalidade e racionalidade. Uma parte do homem se identifica com aquilo que o precedeu. Se por um lado o homem é constituído por esses fatores que ele compartilha com as outras formar de vida, aquilo que estabelece sua identidade é justamente sua diferença das outras formas de vida. É essa marca que vigora na ética de laboratório, que permite fazer experimentos com animais, mas não com seres humanos. Ora, justamente isso que marca a diferença é que nós podemos chamar de "propriamente humano" não tem instrumento de acesso adequado.

A fenomenologia denuncia essa inadequação e se compromete na busca do instrumento que permita esse acesso. E, ao mesmo tempo, quer se colocar a serviço de toda Psicologia possível, quando a Psicologia ousar se estender para aquele âmbito que seria radicalmente ou propriamente humano. Enquanto isso não se dá, a fenomenologia cumpre, como responsabilidade pela critica que faz, a tarefa de suprir algumas possibilidades de engajamento enquanto ação, por que senão nós teríamos que ficar esperando a constituição de uma metodologia adequada para que, então, uma Psicologia propriamente humana aparecesse para que pudéssemos lidar com as questões psicológicas.



A fenomenologia, ao criticar, torna-se responsável em oferecer algo; e o que ela oferece não é uma resposta, mas uma metodologia de investigação. Essa metodologia parece ter se revelado muito útil na liberação de muitas pessoas do âmbito do sofrimento emocional, de uma maneira muito vigorosa. Você não precisa ter uma Psicologia que explique o ser humano para que possa servir o ser humano.

Essa postura investigativa abre, de novo, a possibilidade do caminhar, mesmo que não tenhamos as explicações, mesmo que não tenhamos o conhecimento que gostaríamos de ter, que precisamos ter e que continuamos buscando. Mas, enquanto nós não dispomos disso, já podemos estar diretamente a serviço desse ser humano que sofre, através da libertação que pode ser aproximada pela postura de investigação do mistério que cada ser humano é, considerado individualmente. Cada ser humano é um mistério, uma absoluta improbabilidade, como Hanna Arendt diria...

Baixar 87 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
ensino médio
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
Curriculum vitae
oficial prefeitura
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
assistência social
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
outras providências
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
secretaria municipal
Dispõe sobre
Conselho municipal
recursos humanos
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
psicologia programa
ministério público
língua portuguesa
público federal
Corte interamericana