Bingo beneficente celebra aniversário do padre Pedro Rubens



Baixar 64,24 Kb.
Página1/18
Encontro29.11.2019
Tamanho64,24 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   18

Recife, 25 de setembro de 2008 Ano 7
Católica tem novo Pró-reitor Comunitário

Por Daniel França
E:\Redacao_Assecom\Fotos_Assecom\Fotos_Assecom_2008\SETEMBRO 2008\Novo Pró-reitor Comunitário Pe. Miguel/ DSCF1747.JPG
A partir desta sexta-feira (26), a Universidade Católica de Pernambuco conta com um novo Pró-reitor Comunitário. Quem assume o cargo é o Padre Miguel Oliveira Martins Filho, de 48 anos. Ele chegou há pouco mais de dois meses de Salvador onde, nos últimos oito anos, fez parte da diretoria do Colégio Antônio Vieira e exerceu a função de Superior da Comunidade Jesuíta da instituição baiana. Além da Procom, o Padre Miguel também ficará à frente da residência dos jesuítas aqui no Recife.
Nascido na cidade de Paulistana, divisa do Sertão do Piauí com Pernambuco, o Padre Miguel tem 15 irmãos. Ele entrou para a Companhia de Jesus em 1982 e, doze anos mais tarde, foi ordenado. Formou-se em Letras pela Universidade Federal do Piauí (1985) e em Filosofia e Teologia pela Faculdade dos Jesuítas (FAJ), em Belo Horizonte (1988). Atualmente, está concluindo a especialização em Estudos Literários pela Universidade Federal da Bahia com trabalho de conclusão de curso sobre a escritora mineira Adélia Prado.
O Padre Miguel conciliará a Pró-reitoria com outras atividades. Ele será o responsável pelo santuário de Nossa Senhora de Fátima do Complexo Nóbrega; continuará sendo editor da Presente!, revista de educação do Centro de Estudos e Assessoria Pedagógica dos Jesuítas (Ceap); e consultor da Província Brasil Nordeste. Ele destaca o seu interesse pelo social, pelo esporte e pela educação. Valores que ficaram ainda mais presentes no seu perfil quando foi diretor do Centro Inaciano de Espiritualidade (2000-2003).
Sobre a sua futura gestão na Católica, o novo Pró-reitor garante que a perspectiva é bastante promissora. “Sempre vi a Unicap dialogando com a comunidade na qual está inserida. Vamos investir ainda mais em cultura, dando mais visibilidade e consistência aos nossos projetos, com base nos valores inacianos, cristãos”, afirma. A relação do Padre Miguel com a Católica vem de muitos anos, mais precisamente entre os anos de 1997 e 2000, quando era professor de Literatura e diretor Acadêmico do Juniorado de João Pessoa, o centro de formação acadêmica dos jesuítas. “Foi aí que conheci a professora Fátima (Breckenfeld). Eu enviava jesuítas para participar dos cursos do Univerão”, relembra.




Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   18


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal