AvaliaçÕes externas: prova brasil e projeto senna



Baixar 114,03 Kb.
Página1/12
Encontro02.03.2019
Tamanho114,03 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   12



Universidade Estadual de Maringá

13 a 15 de Maio de 2015





AVALIAÇÕES EXTERNAS: PROVA BRASIL E PROJETO SENNA
A corrente impetuosa é chamada de violenta
Mas o leito do rio que a contém
Ninguém chama de violento.
A tempestade que faz dobrar as bétulas
É tida como violenta
E a tempestade que faz dobrar
Os dorsos dos operários na rua?”


(Bertold Brecht)
SANTOS, Jane Eire Rigoldi1

CARVALHO, Elma Julia Gonçalves de2


RESUMO: Este trabalho apresenta resultados parciais de nossa pesquisa sobre as avaliações externas, cujo objetivo é interpretar o significado de avaliações pautadas no modelo de competências, especificamente analisando a Prova Brasil (avaliação de competências de leitura e cálculo) e a avaliação socioemocional do projeto SENNA (pautada em competências não-cognitivas, como: estabilidade emocional; conscienciosidade; extroversão; amabilidade e abertura a novas experiências). O problema que levantamos relaciona-se a seguinte interrogação: Por que estas avaliações externas são pautas na perspectiva da pedagogia das competências? Ao que parece a adoção, por parte do Estado brasileiro, de avaliações externas tem servido como um veículo de implantação de um amplo processo de reformas curriculares direcionado por organizações internacionais, por meio do qual a lógica das competências adentra o ambiente escolar. Este processo pode ser um mecanismo para alinhar avaliações externas e a formação escolar, às novas exigências do mundo produtivo, contribuindo concomitantemente para manter a sedimentação social, fundamental ao projeto capitalista.



Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   12


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal