Aspectos históricos da psicologia do desenvolvimento


Após anos lhe foi revelado a verdadeira estória e Édipo, sentindo-se culpado, fura os olhos e torna-se andarilho e, Jocasta se enforca



Baixar 325,49 Kb.
Página67/77
Encontro04.03.2018
Tamanho325,49 Kb.
1   ...   63   64   65   66   67   68   69   70   ...   77
Após anos lhe foi revelado a verdadeira estória e Édipo, sentindo-se culpado, fura os olhos e torna-se andarilho e, Jocasta se enforca.

Por volta dos dois e cinco anos de idade é que a criança durante a formação de sua personalidade, descobre outras formas de desejo.

O menino descobre que a mãe é seu objeto de desejo, tornando-se o pai seu rival (chamado de complexo de Édipo).

A menina descobre que o pai é seu objeto de desejo, tornando-se a mãe sua rival (chamado de complexo de Electra).

Daí surgem competições para conseguir o amor do objeto de desejo, o ciúmes, a tentativa de se assemelhar ao outro para satisfazer seu objeto de desejo. Enfim, tais momentos são importantíssimos na vida das crianças, pois ao se identificarem com os pais adquiri-se padrões e valores por toda a vida, entretanto, devem ser bem compreendidos para não se misturar a figura dos pais com a figura daquele que irá se relacionar no futuro, pois, se assim não for, evidentemente que surgirão conflitos, à medida que cada pessoa é um ser único e insubstituível.

Fase de Latência

A fase da latência corresponde ao período de 7 a 12 anos de idade, a criança reprime seus impulsos  e volta mais para as questões  escolares e de socialização com seus amigos da escola. As sublimações nesta fase são muito grandes, porque o modo como a criança utiliza esse período faz com que ela fixe ou não, exagere ou elimine os componentes arcaicos e os componentes perversos da sexualidade.



Fase Genital

Nessa fase, dos 12 aos 16 anos de idade, os adolescentes começam a se conscientizar de suas identidades sexuais. Há um retorno à energia sexual e aos órgãos sexuais. Em todas as fases do desenvolvimento, desde a infância até a adolescência, está presente a descoberta do eu e dos traços da personalidade.



O estágio do espelho em Lacan

Lacan afirmava que o inconsciente se estrutura com a linguagem.  Dessa maneira ao contrário de Freud, ele preferia não intervir no discurso de seus pacientes a fim de que eles descobrissem as suas próprias questões e o seu “eu”.

O estágio do espelho foi um conceito desenvolvido por Lacan para apresentar o processo de formação do indivíduo através da sua identificação a uma imagem e perceber tanto o sentimento de presença, ausência e de organização corporal, já que segundo ele a criança ao olhar-se no espelho capta a imagem de si e também do mundo ao seu redor, assim ela constrói noção do seu eu, sua identidade e inicia o processo de diferenciação do outro.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   63   64   65   66   67   68   69   70   ...   77


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal