Aspectos históricos da psicologia do desenvolvimento



Baixar 325,49 Kb.
Página38/77
Encontro04.03.2018
Tamanho325,49 Kb.
1   ...   34   35   36   37   38   39   40   41   ...   77
1º ESTAGIO SENSO – MOTOR

Inicia-se ao nascimento e segue ao longo dos dois primeiros anos. Nesse período as crianças terão uma inteligência pratica centrada na percepção e no motor. A consciência começa por um egocentrismo (Percebemos, portanto, que nessa etapa, o individuo está, paulatinamente, trabalhando na formação da noção do eu e na diferenciação dos objetos. Dessa forma, a criança dá início à construção dos esquemas sensório-motores a partir de alguns poucos reflexos hereditários) até que os progressos da inteligência sensório motor levem a construção de um universo objetivo, onde o corpo aparece como um elemento. Ela dá inicio a construção de esquemas sensórios motores a partir de reflexos, logo é importante nesta fase a criança ser estimulada a interagir com diferentes objetos/brinquedos.

Nessa fase as crianças gostam de realizar movimentos repetitivos  *reações circulares*. O desenvolvimento é apoiado nos exercícios dos aparelhos reflexos e a principal característica é a inteligência pratica. O instrumento da inteligência é a percepção. No fim dessa fase começa o aparecimento da função simbólica.

A partir da construção dos esquemas pela transformação da sua atividade sobre o meio, a criança vai construindo e organizando noções, organizando a realidade. Isso se deve, em parte, pela conquista da noção da permanência do objeto. Por isso, é muito importante que nessa fase a criança seja estimulada a reconhecer

e interagir com diferentes objetos no seu entorno. É preciso que o bebê conviva com diferentes brinquedos, com objetos, para que possa pegar sacudir, morder e beliscar. Geralmente, nesse período, as crianças gostam de executar exercícios repetitivos, o que Piaget denomina de reações circulares. O bebê bate rias vezes no móbile do berço para observar a mudança do seu movimento. Outro aspecto que também é possível evidenciar está nas diferentes maneiras com que a criança atrai os brinquedos para si e também suas diferentes maneiras

de encontrá-los. Esse processo ocorre quando ela possui a noção do objeto permanente. Nessa fase, a criança procura objetos escondidos e manifesta curiosidade em deixar objetos caírem no chão para observar a queda.






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   34   35   36   37   38   39   40   41   ...   77


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal