Aspectos da relaçÃo cérebro-comportamento: histórico e consideraçÕes neuropsicológicas



Baixar 243,49 Kb.
Página1/11
Encontro12.01.2020
Tamanho243,49 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11

ASPECTOS DA RELAÇÃO CÉREBRO-COMPORTAMENTO: HISTÓRICO E CONSIDERAÇÕES NEUROPSICOLÓGICAS

Sônia das Dores Rodrigues1; Sylvia Maria Ciasca2



RESUMO

Estudar a relação entre o cérebro e o comportamento é o principal objetivo da Neuropsicologia. É por meio dessa área de atuação que se pode entender como diferentes áreas cerebrais atuam em conjunto para produzir comportamentos complexos, tal como é o caso da aprendizagem. Problemas em qualquer área do sistema nervoso central podem gerar disfunções e prejudicar o aprendizado. Depreende-se, então, que o profissional que lida com a criança deve ter conhecimentos básicos sobre a neuropsicologia, de modo a compreender as funções mentais. Nesse sentido, a proposta desse artigo de revisão é abordar os fundamentos básicos da neuropsicologia, partindo dos primórdios do conhecimento cerebral, chegando às questões relativas à localização das funções e finalizando com a teoria de Luria sobre o funcionamento cerebral. Espera-se, ainda, motivar os profissionais a buscar novos conhecimentos sobre esse órgão extremamente complexo, que origina todos os comportamentos tipicamente humanos.



Palavras-chave: Neuropsicologia. Ciências do comportamento. Psicofisiologia. Cérebro/fisiologia.

. Behavioral sciences. Psychophysiology. Cerebrum/physiology.


INTRODUÇÃO

Historicamente, diferentes áreas de conhecimento têm se interessado pelo estudo do sistema nervoso, dentre as quais se destacam a medicina, a psicologia, a física, a química e a matemática1-5. Entretanto, a conscientização de que a interdisciplinaridade favoreceria a melhor compreensão do cérebro humano possibilitou a criação de uma nova área de conhecimento (as Neurociências) e revolucionou os estudos científicos sobre o tema. Conforme se verifica no Quadro 1, atualmente diferentes disciplinas estão envolvidas no estudo do desenvolvimento e funcionamento cerebral.



 

 

Os diferentes profissionais envolvidos com o estudo do cérebro (comumente denominados de neurocientistas) têm que interagir com as demais áreas de conhecimento, de modo a analisar o funcionamento cerebral sob diferentes ângulos e pontos de vista. Aqui interessa-nos, principalmente, investigar a relação entre cérebro e comportamento e, portanto, os aspectos neuropsicológicos do desenvolvimento.





Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal