As possíveis relaçÕes entre moralidade e violência nas escolas na visão dos professores



Baixar 192,06 Kb.
Página4/5
Encontro04.12.2019
Tamanho192,06 Kb.
1   2   3   4   5
METODOLOGIA

A proposta de desenvolvermos este trabalho com base nos aportes da teoria do desenvolvimento moral teve como alicerce a metodologia de cunho qualitativo hermenêutico. Na pesquisa qualitativa a palavra hermenêutica refere-se à ciência da interpretação qualitativa do que é dito. Diferentemente das propostas quantitativas, nesse tipo de pesquisa o que mais interessa ao investigador é a análise aprofundada do fenômeno pesquisado.

A opção por uma pesquisa de cunho qualitativo justifica-se pela própria definição do objeto/fenômeno de investigação e pela intencionalidade de analisá-lo de forma profunda e interpretativa.

A pesquisa realizada é de caráter qualitativo. Segundo Ludke e André (1986), as características básicas de uma pesquisa qualitativa são: dispor de um ambiente natural como fonte direta para a coleta de dados e ter o pesquisador como seu principal instrumento; os dados coletados serem predominantemente descritivos; ter uma preocupação maior com o processo do que com o produto; o significado que as pessoas dão aos fenômenos deve ser focado atenciosamente pelo pesquisador; e, por fim, a análise dos dados tende a ser indutiva, numa perspectiva hermenêutica.



  1. Participantes

Foram participantes da pesquisa 19 (dezenove) professores do 6º ano do Ensino Fundamental de duas instituições públicas da cidade de Maringá (PR), que se localizam em diferentes bairros e com diferentes históricos de violência. Para a definição dos participantes, entramos em contato com as escolas e explicitamos os objetivos da pesquisa. Solicitamos à direção a indicação de professores para participarem das entrevistas. Após a indicação, estabelecemos contato com os professores a fim de esclarecer os objetivos da pesquisa. Entregamos o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), conforme as exigências da Resolução CNS 196/96. O projeto de pesquisa foi postado na Plataforma Brasil e submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa com seres humanos, sendo aprovado.

No Quadro 1, apresentamos o número de participantes, sexo, idade, religião, disciplina ministrada, área de conhecimento, formação universitária e tempo de atuação como professor. Optamos por fazer referência aos participantes pela letra “P” e as escolas são indicadas por Escola A e Escola B.


Quadro 1 - Dados sobre os professores das Escolas A e B




Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal