As contribuiçoes das teorias de piaget e vygotsky para a área da educaçÃO



Baixar 48,24 Kb.
Página1/8
Encontro04.03.2018
Tamanho48,24 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8

FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA
DERLI FRANCISCO DA SILVA

AS CONTRIBUIÇOES DAS TEORIAS DE PIAGET E VYGOTSKY PARA A ÁREA DA EDUCAÇÃO.

CURITIBA

2010

AS CONTRIBUIÇOES DAS TEORIAS DE PIAGET E VYGOTSKY PARA A ÁREA DA EDUCAÇÃO.
Neste trabalho de TCC- desenvolvimento continuamos dando ênfase as teorias de Piaget e Vygotsky pois estes dois pesquisadores tiveram um papel fundamental na implementação das mudanças que aconteceram na área da educação á partir dos anos 30 do século XX. As pesquisas realizadas por esses dois autores foram decisivas para que uma visão mais completa do desenvolvimento humano tomasse forma e transformasse o olhar que tinha até então sobre a criança, sobretudo quanto aos processos de aprendizagem e desenvolvimento.

Em que pese as diferenças entre esses dois pesquisadores, suas bases teóricas, métodos experimentais, e conclusões, afirma-se que o principal ponto em comum entre eles é o pressuposto de que a aprendizagem e o desenvolvimento infantil tem sua gênese em uma complexa rede de multideterminações entre a criança e o meio material e sócio-cultural que a cerca.

Piaget desenvolveu o método clinico que tinha a criança como centro de suas investigações, chegando à conclusão que a inteligência é construída por ela na relação com o objeto, superando as concepções clássicas. No seu instituto de epistemologia genética, na Suíça, reuniu colaboradores do mundo inteiro, numa perspectiva interdisciplinar, cunhando uma das teorias mais revolucionárias para a educação que se conhece até hoje.

Vygotsky, pautado no método dialético do materialismo histórico, criou a psicologia histórica ou sócio-histórica (como ficou conhecida), defendendo a idéia de que não só a inteligência, mais todas as funções mentais superiores (memória, percepção, atenção voluntária, etc.) teriam origem e desenvolvimento no meio histórico- cultural em que a criança vive. Cada um desses autores colaborou para a configuração de um olhar multidimensional sobre a criança, enfatizando a importância de considerá-la como um ser em constante transformação e evolução, singular, e não como um adulto em miniatura, como classicamente era concebida.

Os resultados dessas pesquisas causaram e causam ainda grandes impactos na educação e colaboram no sentido de melhorar a qualidade do ensino oferecido nas escolas, instrumentalizando os educadores na construção de uma práxis pedagógica comprometida e consciente de sua função social. Foi a partir desse referencial que os educadores progressistas elaboraram propostas pedagógicas e parâmetros curriculares que mudaram a educação no século XX, superando a visão tradicional que Paulo Freire pejorativamente chamou de educação bancária, na qual o mestre despejava na cabeça do aluno a cultura universal.

Para Piaget, os humanos passam por quatro fases de desenvolvimento de sua inteligência: sensório motor, intuitivo ou simbólico (também conhecido como pré-operatório), operações concretas ou operatório-concreto e operações formais ou lógico-formal.






Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
terapia intensiva
Conselho nacional
Curriculum vitae
oficial prefeitura
ensino médio
minas gerais
Boletim oficial
Concurso público
educaçÃo infantil
Universidade estadual
seletivo simplificado
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
assistência social
ciências humanas
Atividade estruturada
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
Dispõe sobre
outras providências
recursos humanos
secretaria municipal
Conselho municipal
psicologia programa
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
Relatório técnico
Corte interamericana
público federal
ministério público