Artigo Científico



Baixar 106,48 Kb.
Página5/10
Encontro11.10.2018
Tamanho106,48 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10
METODOLOGIA

Para a realização desta pesquisa, do tipo qualitativa descritiva, escolheu-se a aplicação de um questionário padronizado, objetivando verificar a ocorrência de estresse e ansiedade em bailarinos e bailarinas profissionais. Este instrumento com dezessete perguntas, o qual utiliza a escala Likert, aborda itens que incluem a avaliação de sintomas psicológicos, fisiológicos e sociológicos, os quais estão relacionados com a ocorrência de estresse e ansiedade. Cada pergunta do referido questionário tem quatro possibilidades de respostas, com a seguinte pontuação: nunca (1), raramente (2), algumas vezes (3) e a maioria das vezes (4).

O outro instrumento utilizado no projeto principal foi o freqüencímetro, da marca Polar.

A Amostra para o Projeto Principal constituiu-se de trinta bailarinos com idade média de 30,9 anos (desvio padrão=5,0) e trinta e quatro bailarinas com idade média de 27,6 anos (desvio padrão=6,7), integrantes dos seguintes grupos de dança: Grupo Corpo, Companhia de Dança de Minas Gerais, Primeiro Ato e Grupo Camaleão. Setenta e oito por cento desses bailarinos são cadastrados no Sindicato dos Artistas e Técnicos em Dança de Minas Gerais (SATED). Deve-se salientar que todos os bailarinos e bailarinas de cada um dos quatro grupos, sem exceção, participaram da Amostra.

A escolha desses grupos se justifica pela representatividade dos mesmos nos cenários estadual, nacional e internacional. Conforme critérios descritos por Levin (1985), a amostra escolhida é não-casual, do tipo julgamento ou conveniência.

Os bailarinos e bailarinas que participaram deste estudo foram solicitados pela pesquisadora a responder ao questionário no local da apresentação, após o término do espetáculo de dança.

Para a análise estatística dos dados, foi utilizado o software Statistical Package for Social Sciences - SPSS 11.0 de 2001.

Foram utilizadas estatísticas descritivas (média, desvio padrão e freqüências) e indutiva (Teste Coeficiente de Correlação de Spearman) adaptadas às condições específicas dos resultados obtidos.

Os pressupostos para aplicação dos procedimentos estatísticos paramétricos (teste t) foram verificados quanto ao controle da normalidade das distribuições bem como da homogeneidade das variâncias.




Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal