Antonio Arantes é doutor em antropologia pela Universidade de Cambridge, Kings College, pós doutor em cultura e política pela University of London e professor titular convidado pelo departamento de antropologia social da Unicamp


BCL/IG: Quanto tempo, em média, leva o processo?



Baixar 107,46 Kb.
Página11/26
Encontro11.10.2018
Tamanho107,46 Kb.
1   ...   7   8   9   10   11   12   13   14   ...   26
BCL/IG: Quanto tempo, em média, leva o processo?

ANTONIO ARANTES: Varia bastante. Mas o importante é lembrar que o Brasil, em termos mundiais, foi muito rápido na consolidação dessas ações. Primeiro, porque havia um passivo enorme a ser saudado pelo Estado, na medida em que grande parte do patrimônio cultural da nação não se reduz a artefatos e bens de natureza estética e histórica, definidos convencionalmente. A partir do momento em que a lei entrou em vigor, ou seja, em 2000, inúmeros segmentos da população brasileira encontraram finalmente brecha para demandas nessa área. Houve uma resposta bastante imediata por parte da sociedade. Começaram a pipocar pedidos externos, além das demandas reprimidas acumuladas dentro na própria instituição, que vinha fazendo estudos e levantamentos há bastante tempo, mas até então não tinha como transformar tais estudos em ações práticas.





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   7   8   9   10   11   12   13   14   ...   26


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal