Anexo I proposta curricular



Baixar 1.37 Mb.
Página1/169
Encontro31.03.2018
Tamanho1.37 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   169


ANEXO I

PROPOSTA CURRICULAR 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
1 APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA CURRICULAR 

O grande desafio da educação brasileira que está sendo enfrentado hoje, não é mais ampliar o número de oferta de vagas mas, sim a necessidade de construir escolas onde se aprenda mais e melhor.

A Proposta Curricular é a base da conquista de uma educação de qualidade social. Os currículos expressam os valores e os conhecimentos que nossa sociedade considera relevantes e que devem fazer parte da vida escolar de nossas crianças, jovens e adultos. Conseqüentemente, dando significado ao Projeto Político Pedagógico.

Desse modo, o fazer pedagógico apresenta-se como desafio, o qual, privilegia contradições, dúvidas, questionamentos e diversidades, tornando os conteúdos, ou seja, saberes em construção.

Resultando da produção histórica de como os homens conduzem sua vida nas relações sociais de trabalho em cada modo de produção.

Portanto, a educação escolar, exige esforços redobrados e maior organização do trabalho educacional. Não basta apenas preparar o aluno para níveis mais elevados de escolaridade, uma vez que ele precisa aprender para compreender a vida, a si mesma e a sociedade, como condição para a ação competente na prática da cidadania (aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver e aprender a ser).

Neste sentido, a escola precisa preparar um homem transformador da realidade na qual está inserido, partindo do pressuposto que ele é um ser histórico, possibilitando-lhe a apropriação do conhecimento, dando-lhe condições de reescrever a sua história de uma maneira crítica, construtiva, traçando metas e buscando alcança-las, cuidando do meio em que vive, tendo consciência da importância do desenvolvimento social e ambiental sustentável e do respeito às diferenças individuais e coletivas.

Conseqüentemente, traçar objetivos e diretrizes que estimulem a consciência crítica, reflexiva, participativa e transformadora, buscando a apropriação e domínio do conhecimento, assim como o desenvolvimento do respeito às diferenças étnicas e culturais, efetivando o exercício da cidadania.

Conquistar a cidadania significa formar cidadãos capazes de construir conhecimentos, atitudes e valores que tornem os “homens” solidários, críticos, éticos, participativos e responsáveis.

Nesta perspectiva, tendo claramente definida a finalidade social dos conteúdos escolares, vislumbramos que professor e aluno são co-autores do processo ensino-aprendizagem.

Os saberes escolares, em sua constituição, vão sendo marcados pelas relações que professores e alunos estabelecem com o conhecimento, a partir de múltiplas possibilidades de interesses, ênfase no modo de transmissão, complexidade de análises e das articulações dos conteúdos com a prática social.

Neste processo, a escola deve proporcionar um ensino diferenciado, através da flexibilidade e adaptação curricular, planejando específico especializado, ou seja, a escola precisa organizar-se e prever formas de atender às necessidades de sua comunidade, visando À preservação da dignidade, o fortalecimento da identidade social e o exercício da cidadania de cada um dos envolvidos no processo de ensino e aprendizagem.

Nosso desafio é estabelecer uma proposta curricular que reconheça e valorize práticas culturais sem perder de vista o conhecimento historicamente produzido que constitui patrimônio de todos.

Entendemos que redimensionar a proposta curricular da escola pública a qual, reflete os anseios da sociedade significa:



  • melhorar a qualidade social da educação, de forma a promover a formação integral do indivíduo, buscando estratégias para que desenvolva a criticidade que emana do pensamento reflexivo, bem como, garantir o acesso, a permanência e o sucesso do aluno, inclusive os que pertencem a grupos que se encontram a margem do processo social, expropriados dos direitos que são garantidos por lei, independente de sua diferenças individuais;

  • priorizar a realização humana e construir uma sociedade justa, igualitária e solidária.

Sendo assim, a presente Proposta Curricular resulta do trabalho coletivo de todos os profissionais da educação, incorporando e concretizando o proposto no Projeto Político Pedagógico com expressão máxima do compromisso dos envolvidos diretamente no processo ensino-aprendizagem com a melhoria qualitativa da educação, respondendo às necessidades sociais e históricas daqueles que buscam a escola pública.

A Proposta Curricular deve ser construída de acordo com o Projeto Político Pedagógico do estabelecimento de ensino.

Primeiramente, devemos responder a seguinte questão:

- Que escola queremos?

- Concepção de escola (abaixo descrita de acordo com o P.P.P.).

A escola é uma das instâncias, que tem por função a elevação cultural dos seus educandos. Têm uma função importante e significativa dentro da sociedade, pois é um lugar privilegiado onde ocorre a troca de experiências entre os seus componentes: alunos, professores, funcionários, direção e comunidade escolar. É um ambiente pedagógico que tem como um de seus objetivos favorecer o processo de ensino e aprendizagem, através da ação pedagógica intencional e planejada por todos os integrantes que dela fazem parte.  

“ a atuação da escola consiste na preparação do aluno para o mundo e suas contradições, fornecendo-lhe instrumentos, por meio da aplicação dos conteúdos e da socialização, para uma participação organizada e ativa na democratização da sociedade. “ (LUCKESI, 1999, pág. 70). 

Partindo desses pressupostos vemos a escola, como uma instância de ação, surgida das necessidades de ações históricas da humanidade, uma instância social que tem por finalidade educativa garantir ao educando o acesso, permanência e sucesso. Consequentemente a apropriação dos conhecimentos científicos, políticos e filosóficos. Viabilizando a formação continuada dos profissionais da educação, o trabalho coletivo e a gestão educacional democrática.

Neste sentido, repensar e reformular as diretrizes curriculares permite estabelecer os conhecimentos necessários que atendam à demanda da sociedade, a qual parte do princípio da inclusão social.

A escola como instituição educacional é um espaço onde as diferenças são os princípios da concretização da democracia e da conquista da cidadania.




SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO































NRE: 05 - CAMPO MOURÃO

MUNICÍPIO: 0430 - CAMPO MOURÃO

ESTABELECIMENTO: 00039 - BOSCO, C E DOM - E FUND MEDIO PROF

ENT MANTENEDORA: GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ

CURSO 4000 - ENS.1.GR.5/8 SER

TURNO: MANHÃ/TARDE

ANO DE IMPLANTAÇÃO: 2006 - SIMULTANEA

MODULO: 40 SEMANAS

 

DISCIPLINAS / SERIE

5

6

7

8

 

 

 

 

 

 

BASE NACIONAL COMUM

ARTES

2

2

2

2

 

 

 

 

 

 

CIENCIAS

3

3

3

3

 

 

 

 

 

 

EDUCAÇÃO FÍSICA

3

3

3

3

 

 

 

 

 

 

ENSINO RELIGIOSO *

1

1

 

 

 

 

 

 

 

 

GEOGRAFIA

3

3

3

4

 

 

 

 

 

 

HISTÓRIA

3

3

4

3

 

 

 

 

 

 

LÍNGUA PORTUGUESA

4

4

4

4

 

 

 

 

 

 

MATEMÁTICA

4

4

4

4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SUB-TOTAL

22

22

23

23

 

 

 

 

 

 

PD

L.E.M.-INGLÊS **

2

2

2

2

 

 

 

 

 

 

 

SUB-TOTAL

2

2

2

2

 

 

 

 

 

 

 

TOTAL GERAL

24

24

25

25

 

 

 

 

 

 

NOTA: MATRIZ CURRICULAR DE ACORDO COM A LDB N.9394/96

























*NÃO COMPUTADO NA CARGA HORÁRIA DA MATRIZ POR SER FACULTATIVA PARA O ALUNO.




** O IDIOMA SERÁ DEFINIDO PELO ESTABELECIMENTO DE ENSINO
















DATA DE EMISSÃO: 17 DE OUTUBRO DE 2006

_______________________________________







ASSINATURA DO CHFE DO NRE





Baixar 1.37 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   169




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
Conselho nacional
minas gerais
terapia intensiva
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
Colégio estadual
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
extensão universitária
língua portuguesa