Agência fides – 30 de setembro de 2008



Baixar 377,23 Kb.
Página52/67
Encontro11.10.2018
Tamanho377,23 Kb.
1   ...   48   49   50   51   52   53   54   55   ...   67

Missão - EUROPA/PORTUGAL - Aberto o Congresso Missionário Nacional: “Portugal, vive a Missão, busca horizontes”. São Paulo modelo de evangelização: “A Igreja confronta-se hoje com uma sociedade que tem muitas características semelhantes àquela para a qual Paulo anunciou o Evangelho”


Fátima (Agência Fides) – Ontem, 3 de setembro de 2008, teve início o Congresso Missionário Nacional de Portugal, que é celebrado em Fátima até o próximo domingo, 7 de setembro, por causa do 10º aniversário do Ano Missionário. O tema do Congresso é “No encontro com Cristo Vivo, chamados e enviados à Missão em Portugal e no mundo” e o slogan diz: “Portugal, vive a Missão, busca horizontes”.

O Congresso foi organizado pela Conferência Episcopal Portuguesa por meio da Comissão Episcopal para as Missões, pelas Pontifícias Obras Missionárias de Portugal, pela Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal e pelos Institutos Missionários “Ad Gentes”.

O objetivo principal é promover e fortalecer a dimensão missionária da Igreja em Portugal e os objetivos específicos são os seguintes: sensibilizar e formar o Povo de Deus para a Missão em Portugal e no mundo; compartilhar experiências e testemunhos da missão; celebrar a ação missionária da Igreja; fortalecer os Secretariados Missionários diocesanos e promover e elaborar algumas linhas de ação para alcançar uma maior unidade e eficácia operacional na ação missionária da Igreja em Portugal.

Os temas que serão abordados giram em torno de três questões: Portugal: uma visão histórica, geográfica, sociológica e religiosa do País; Vive a Missão: um percurso teológico da Missão; Busca horizontes: lançamento de uma série de orientações e sugestões para um Portugal mais empenhado com a Missão.

Os trabalhos foram abertos pelo Cardeal Patriarca de Lisboa, José Policarpo, que apresentou uma palestra sobre “a Missão e as incertezas do mundo contemporâneo”, a partir da qual se viu que no mundo de hoje, que resiste à mensagem de Deus, “não é fácil evangelizar, mas vale à pena”. Neste Ano Paulino, o Cardeal apresentou São Paulo como modelo de evangelização: nele descobrimos “os grandes traços da missão evangelizadora: a fé desabrocha em Jesus Cristo, percebendo a identificação da Igreja com Jesus Cristo; o anúncio da esperança na plenitude da vida; a capacidade de enfrentar com realismo as certezas e as incertezas do mundo do seu tempo dando a vida para o Evangelho”. “A Igreja, na sua missão evangelizadora, confronta-se com uma sociedade com muitas características semelhantes àquela para a qual Paulo anunciou o Evangelho” destacou o Card. Policarpo.
As palestras previstas durante os próximos dias do Congresso são: “Situação da Missão Ad Gentes na Igreja de Portugal”; “Portugal: o desafio dos valores”; “Os novos caminhos da Missão Ad Gentes”; “A Missão no coração da Igreja local”; “A Missão que sonhamos: ‘tesouros’ das Igrejas irmãs”; “A Missão universal da Igreja local”. O Congresso terminará na manhã de domingo, 7 de setembro, com a celebração da Santa Missa presidida pelo Cardeal Policarpo no Santuário de Fátima. (RG) (Agência Fides 4/9/2008)




  1. Compartilhe com seus amigos:
1   ...   48   49   50   51   52   53   54   55   ...   67


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal