Agência fides – 30 de setembro de 2008


Missão – AMÉRICA/EQUADOR - A Declaração Final na conclusão do CAM 3: “Jesus nos envia como testemunhas de tudo o que ouvimos, aprendemos e anunciamos, até os extremos confins da terra”



Baixar 377,23 Kb.
Página51/67
Encontro11.10.2018
Tamanho377,23 Kb.
1   ...   47   48   49   50   51   52   53   54   ...   67

Missão – AMÉRICA/EQUADOR - A Declaração Final na conclusão do CAM 3: “Jesus nos envia como testemunhas de tudo o que ouvimos, aprendemos e anunciamos, até os extremos confins da terra”


Quito (Agência Fides) – Os missionários de cinco continentes, na conclusão do Terceiro Congresso Missionário Americano, CAM 3, divulgaram uma Declaração Final na qual reiteram sua disponibilidade em anunciar o Evangelho, em construir um mundo fraterno, justo e solidário, a serem colaboradores do Espírito na construção do Reino.

A declaração se divide em 17 pontos e abrange vários aspectos da missão da Igreja. Em primeiro lugar, recorda-se que a missão Ad Gentes é “Missão para a humanidade” e se evidencia o compromisso dos missionários em “assumir com entusiasmo e co-responsabilidade eclesial a Missão Ad Gentes, que implica em uma conversão pessoal e numa mudança das estruturas pastorais, para que o Evangelho chegue a todos”. No âmbito desta missão, “urge uma opção forte para a formação e o acompanhamento das famílias cristãs, para que sejam evangelizadores e missionários com sua vida, sua fidelidade e comunhão”. Por isso, se tentará revitalizar a Pastoral Familiar e apoiar as experiências de famílias missionárias Ad Gentes.

Outro ponto da Declaração diz respeito à imigração e marginalização, fenômenos que constituem um “desafio de importância primária, visível na condição de crianças, mulheres, homens e famílias que vivem despojados de seus direitos”. É preciso então promover a cultura da dignidade humana.

Em relação ao laicato, manifestou-se a necessidade da formação integral espiritual, pastoral e missionária, que faça dos leigos mensageiros da Grande Missão Continental. Como leigos, os jovens também se incluem, de modo específico, no Projeto Missionário Americano.

“Como Igreja, apoiamos e respeitamos os países indígenas e afro-descendentes do Continente, assumimos a urgência de reconhecer seus espaços, suas expressões e tradições, a fim de que tenham seu lugar na sociedade e na Igreja” – lê-se ainda na Declaração.

Sobre a relação entre missão e meios de comunicação, evidenciou-se que a mídia deve “responder às novas situações históricas, sociais e eclesiais, comunicando o amor de Deus e a Boa Nova do Reino com o testemunho, coordenado e integrado na pastoral ordinária”.

“Missionários da América. Hoje, no final do CAM3, Jesus nos envia como testemunhas daquilo que ouvimos, aprendemos e anunciamos até os extremos




  1. Compartilhe com seus amigos:
1   ...   47   48   49   50   51   52   53   54   ...   67


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal