Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa



Baixar 28,65 Kb.
Encontro06.07.2018
Tamanho28,65 Kb.



CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

DEPARTAMENTO DE TERAPIA OCUPACIONAL

Código da Vaga: 0872610

Motivo: Resolução nº 17/2016-CEPE, de 17 de maio de 2016. - Cargo: Assistente ;

Processo:


Vaga

Regime trabalho

Área/ Subárea

Titulação Mínima Exigida

01

DE

Fisioterapia e Terapia Ocupacional (cód.CNPq4.08.00.00-8)

Graduação: Terapia Ocupacional. Pós-Graduação: Doutorado em Terapia Ocupacional ou Cinesiologia ou Psicologia ou Ciências Sociais ou Ciências da Saúde ou Ciências Humanas ou Saúde Coletiva ou Antropologia ou Sociologia ou Educação Física ou Artes ou Comunicação ou Dança ou Teatro ou História ou Geografia ou Enfermagem.

Horário e local das inscrições: Secretaria do Departamento de Terapia Ocupacional (DTO)/CCS/UFES – Avenida Marechal Campos, nº 1.468, Maruípe – CEP 29.043-0900 – Vitória, ES, de segunda a sexta-feira, no horário de 8:00 às 17:00 h. Telefone: (27) 9 9888 5703.

1. Dos programas:

1.1. CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE:

1.1.1. DEPARTAMENTO DE TERAPIA OCUPACIONAL

Área/ Subárea: Fisioterapia e Terapia Ocupacional (cód. CNPq 4.08.00.00-8)
Programa:

1. Constituição histórica e fundamentos da terapia ocupacional.

2. Terapia ocupacional e a fundamentação metodológica e epistemológica das atividades.

3. Cotidiano, atividade humana e criatividades: composições na terapia ocupacional.

4. Atividades e recursos terapêuticos ocupacionais: o uso do teatro, da dança, da música, das atividades artesanais e do audiovisual.

5. Recursos terapêuticos ocupacionais: abordagens grupais e territoriais.

6. Políticas Públicas, grupos populacionais e legislação em terapia Ocupacional: o uso das atividades e recursos terapêuticos ocupacionais.

7. Atividades, ação humana e recursos terapêuticos ocupacionais: modelos e fundamentos da terapia ocupacional.

8. Atividades e recursos terapêuticos ocupacionais: corporeidade, corpo e psicomotricidade.

9. Corporeidade e terapia ocupacional: as abordagens corporais como recurso terapêutico ocupacional.

10. Novas tendências e perspectivas sobre a fundamentação da Terapia Ocupacional
Bibliografia:

CASTRO, E. D. de; INFORSATO, E. A.; ANGELI A. do A. C. de; LIMA, E. M. F. A. Formação em Terapia Ocupacional na interface das artes e da saúde: a experiência do PACTO. Rev. Ter. Ocup. Univ. São Paulo, v. 20, n. 3, p. 149-156, set./dez. 2009.

CASTRO, E. D.; SILVA, D. M. Habitando os campos da arte e da terapia ocupacional: percursos teóricos e reflexões. Rev. de Terapia Ocupacional Univer. São Paulo, v. 13, n. 1, 2002.

CAVALCANTI, A.; GALVÃO, C. R. C. Terapia ocupacional: fundamentação e prática. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007, 531p.

CERTEAU, M. de. A invenção do cotidiano: [1.] artes de fazer. 13. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007. 351 p.

CREPEAU, E.B. Análise de Atividades: uma forma de refletir sobre o desempenho ocupacional. In, NEISTADT, M. e CREPEAU, E. B. WILLARD e SPACKMAN’S OCCUPACIONAL THERAPY. 9a. Ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002.

DAOLIO, J. A construção cultural do corpo humano. In: Da cultura do corpo. Campinas, Papirus, p.35-39, 1995.

DE CARLO, M. M. R. do P.; BARTALOTTI, C. C. (Org.). Terapia ocupacional no Brasil: fundamentos e perspectivas. 3. ed. São Paulo: Plexus, 2001. 181p.

DIAS, E. G.; DUARTE, Y. A. O.; ALMEIDA, M. H. M.; LEBRÃO, M. L. Caracterização das atividades avançadas de vida diária (AAVDS): um estudo de revisão. Rev. Ter. Ocup. Univ. São Paulo, v. 22, n. 1, p. 45-51, jan./abr. 2011.

FERIOTTI, M. L. Atuação da Terapia Ocupacional no corpo sujeitado. O Mundo da Saúde, v. 25, n. 4, 2001.

FERREIRA, C. A. M. Psicomotricidade: da educação infantil à gerontologia. São Paulo: Lovise, 2000.
LAPIERRE, A. A simbologia do movimento. Porto Alegre: Artes Médicas, 1986.
BRITO, C. M. D.; JOAQUIM, R.H.V. T. Atividades humanas: práticas sociais diferenciadas. Cad. Ter. Ocup. UFSCar, São Carlos, v. 21, n. 3, p. 459-460, 2013.

GALHEIGO, S. M. O cotidiano na Terapia Ocupacional: cultura, subjetividade e contexto histórico-social. Rev. de Ter. Ocup. Univer. São Paulo, v. 14, n. 3, 2003.

HELLER, Agnes. O cotidiano e a história. 8. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2008. 158 p.

LIBERMAN, F. Delicadas coreografias: instantâneos de uma terapia ocupacional. São Paulo:Summus, 2008. 247p

LIBERMAN, F. SAMEA, M.; ROSA, S. D. Laboratório de atividades expressivas na formação do terapeuta ocupacional. Cad. De Ter. Ocup. Da UFSCar, v. 19, n. 1, 2011.

LIBERMAN, F. Trabalho corporal, música, teatro e dança em Terapia Ocupacional: clínica e formação. Cadernos – Terapia ocupacional: Produção de conhecimento e responsabilidade social. Centro Universitário São Camilo. São Paulo, v.8, n.3, p.39-43, jul-set 2002.

LIMA, E. M. F. A. A análise de atividade e a construção do olhar do terapeuta ocupacional. Rev. Terapia Ocupacional da USP, v;15, n.2, p.42-8, mai/ago., 2004.

LIMA, E.M.F.A; OKUMA, D. G.; PASTORE, M.N. Atividade, ação, fazer e ocupação: a discussão dos termos na Terapia Ocupacional brasileira. Cad. Ter. Ocup. UFSCar, São Carlos, v. 21, n. 2, p. 243-254, 2013.

LOPES, et al. Oficinas de atividades com jovens da escola pública: tecnologias sociais entre educação e terapia ocupacional. Interface – saúde, educ. e comunic., v. 15, n. 36, 2011.

LOPES, R. E.; BARROS, D. D.; MALFITANO, A. P. S.; GALVAN, D. BARROS, G. Relato de experiência: o vídeo como elemento comunicativo no trabalho comunitário. Cadernos de Terapia Ocupacional da UFSCar, v. 10, n. 1, 2002.

MAXIMINO, V.; LIBERMAN, F. Grupos e Terapia Ocupacional: formação, pesquisa e ações. São Paulo: Summus, 2015.

MEDEIROS, M. H.R. Terapia ocupacional: um enfoque epistemológico e social.São Paulo: Hucitec: EdUFSCar, 2010. 184p.

OSTROWER, F. Criatividade e Processo de Criação, Petrópolis, Ed. Vozes, 1984.

PÁDUA, E. M. M. de; MAGALHÃES, L. V. (Org.). Casos, memórias e vivências em terapia ocupacional. 2. ed. Campinas, SP: Papirus, 2005. 160 p.

SAITO, C. M.; CASTRO, E. D. Práticas corporais como potência de vida. Cadernos de Terapia Ocupacional da UFSCar, v. 19, n. 2, 2011.

SANTOS, M. O espaço do cidadão. 7ª edição. São Paulo: Editora Universidade de São Paulo, 2007.

SOARES, L. B. T. Terapia Ocupacional: lógica do capital ou do trabalho? São Paulo: Hucitec, 1991.

Comissão de Inscrições:

Profa.Giovanna Bardi

Profa.Gilma Correa Coutinho


Comissão Examinadora:

Profa. Dra. Adriana Leão (Membro interno)

Profa. Dra. Teresinha Cid Constantinidis (Membro interno)

Profa. Dra. Carla Regina Silva (Membro externo)

Suplentes:

Profa. Dra. Ana Paula Figueiredo Louzada (Membro interno)

Profa. Dra. Eliane Dias Castro (Membro Externo)

Prováveis datas das provas:

a) Escrita – 05/12/2016 - Eliminatória

b) Aptidão didático-prática – 07/12/2016 - Eliminatória

c) Plano de Trabalho – 08/12/2016 - Classificatória

d) Títulos – 09/12/2016 - Classificatória


 


Compartilhe com seus amigos:


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
terapia intensiva
Conselho nacional
Curriculum vitae
oficial prefeitura
ensino médio
minas gerais
Boletim oficial
Concurso público
educaçÃo infantil
Universidade estadual
seletivo simplificado
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
assistência social
ciências humanas
Atividade estruturada
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
Dispõe sobre
outras providências
recursos humanos
secretaria municipal
Conselho municipal
psicologia programa
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
Relatório técnico
Corte interamericana
público federal
ministério público