[A vida como ela é] Aquela simpática senhora!


Por vezes me vejo gritando teu nome



Baixar 2,07 Mb.
Página6/354
Encontro29.11.2019
Tamanho2,07 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   354
Por vezes me vejo gritando teu nome

E me sinto ser teu único e amado homem

Diante da enorme saudade que me consome!

Eu sei que tu estás distante,

Mas num piscar de olhos te vejo adiante

E corro ao teu encontro feliz e radiante!

Tu me embriagas de doces ilusões

E imagino ter ferido diversos corações;

Hoje é o meu que te oferta mil razões!

Suplico o teu amor

E beijo-te como um beija-flor;

Tu encantas o meu jardim e te quero junto a mim!

Não te faças orgulhosa

E venha ser no meu canteiro uma linda rosa

Exalando teu perfume sem me oferecer espinhos!

Seja a minha menina mulher flor

A quem eu prometo eterno amor

E venhas cuidar deste teu jardineiro sonhador!

Carta a uma linda mulher!

Ontem você me disse palavras que eu não queria ter "ouvido", pois eu não me encanto com a beleza física das pessoas e estou sempre a dizer que as mulheres fascinantes, brilhantes e inteligentes são o meu “calcanhar de Aquiles”. Eu valorizo o ser e não o ter.

Eu amo as pessoas pelo que elas são e não pelo que elas possuem ou aparentam. Eu passei enormes dificuldades em minha vida e hoje sei valorizar as moedinhas que eu ganhei com meu árduo trabalho, mas jamais renego as minhas origens. Não tive referência paterna, minha mãe era negra e analfabeta e sofria preconceitos mil da sociedade por ter se casado pela segunda vez com o meu pai e era mãe de duas meninas mais velhas do seu primeiro casamento, a Matilde (falecida) e a Marcília que mora em São Paulo e eu o terceiro filho do meu pai que abandonou minha mãe quando eu tinha três meses de ventre.

Eu fui engraxate, vendedor de verduras nas ruas, vendedor de coxinhas em portas de circo com a minha mãe, cortador de cana e boia-fria, capinei, apanhei algodão, fui servente de pedreiro, seminarista dos 15 aos 19 anos, trabalhei em supermercado como limpador de chão e caixa, cantei e toquei violão nos bares da vida para comprar o leite do meu filho, fui garçom, sou eletricista residencial e encanador por curiosidade, trabalhei em Usina de Açúcar e Álcool, sou Cabo Policial Militar Rodoviário aposentado (detesto militares e similares), ex-presidiário militar, sou Professor de Língua Portuguesa e de Línguas Francesa e Italiana e suas respectivas Literaturas e mais a Literatura Brasileira, Professor Revisor de TCCs, Monografias, Dissertações de Mestrado e Teses de Doutorado, Professor de Língua Estrangeira Francesa para alunos Mestrandos e Doutorandos que desejam fazer exames de proficiência em Língua Estrangeira Francesa, sou Especialista em Língua Francesa pela USP / SP. Formado em Letras pela UNESP / SP, câmpus de Assis – SP. Lecionei em Centros de Línguas do Estado de São Paulo e para Comissárias de Bordo da Empresa Aérea Rio Sul.

Apesar de ter vivido tudo isso eu estou ciente de que isso pouco significa. Foram árduas conquistas que não me faz melhor e nem pior do que ninguém porque o grande tesouro é o sopro divino que há em mim e habita o meu corpo que pode não ser lindo aos olhos dos outros, mas que é a minha morada e templo do Espírito Santo de Deus. Meu corpo é a minha morada e templo sagrado do Altíssimo.

Eu sempre faço esta analogia dizendo que tem muita gente feia habitando palácios e muita gente bonita morando em barracos. A casa não é mais valiosa que o seu morador; uma vida não tem preço. O seu filho especial e o meu filho (que não possui as limitações do seu filho) são tão lindos quanto tantos outros filhos especiais de pais especiais. Eu não conheço o seu filho e as dificuldades suas para lidar com ele, mas sei que é um presente maravilhoso que Deus lhe deu por saber que você era capaz de cuidar dele com carinho e muito amor. Conheço outros colegas deste espaço que vivem a mesma situação sua, pois aqui eu fiz vários colegas. A Cidinha é um amor de esposa e recebe muito bem as pessoas que eu gosto e convido para vir em nossa humilde casa.

O convite se estende a você. Portanto, nunca se sinta inferior ou superior a ninguém e não se menospreze dizendo não ser tão bonita quanto eu imagino e queira que você seja e não se preocupe se suas curvas não são as mesmas dos seus anos verdes. O belo está dentro de você; você é sopro divino. Deus habita você e fala através do seu corpo com aquela voz linda que falou comigo em meus sonhos e me encantou sobremaneira. Vou lhe enviar a minha foto e você verá que a voz linda que você disse ter ouvido saiu de um corpo que talvez não seja tão lindo quanto você imagina.

A beleza é muito relativa e está nos olhos de quem vê. Somente quem tem olhos lindos de ver saberá ver beleza alhures. Eu estou certo de que a vida é bela e sempre será. Nós somos lindos porque somos obras do Criador que nos fez à sua imagem e semelhança e, portanto, se nós nos consideramos feios é porque não vemos beleza no nosso Criador. Tudo o que ELE criou é belo. Você é linda tanto quanto eu sou. Beijos! E está dito!




Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   354


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
Processo seletivo
ensino fundamental
Conselho nacional
terapia intensiva
ensino médio
oficial prefeitura
Curriculum vitae
minas gerais
Boletim oficial
educaçÃo infantil
Concurso público
seletivo simplificado
saúde mental
Universidade estadual
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
outras providências
recursos humanos
Dispõe sobre
secretaria municipal
psicologia programa
Conselho municipal
Colégio estadual
consentimento livre
Corte interamericana
Relatório técnico
público federal
Serviço público
língua portuguesa