[A vida como ela é] Aquela simpática senhora!


/04/2015 08:05 - Cida [não autenticado*]



Baixar 2,07 Mb.
Página339/354
Encontro29.11.2019
Tamanho2,07 Mb.
1   ...   335   336   337   338   339   340   341   342   ...   354
06/04/2015 08:05 - Cida [não autenticado*]

Audrey, não faça contato com esse psicopata que te comentou abaixo, para o seu próprio bem evite-o ao máximo.

Para o texto: Eu sou estranha (dizem) (T5195345)

É muita maldade no coração desta pessoa abjeta, covarde, insensível, pequena, raia miúda da sociedade, digna de pena, enfim, uma pessoa desprezível que merece intercessão e muita oração. Infelizes são as pessoas que precisam conviver ladeadas por alguém tão sem noção como esta infeliz leitora e poetisa. Eu tenho pena de você e vou orar pra que você cresça, em sentimentos nobres e cristãos. Se você ousa chamar Deus de PAI, então aprenda a respeitar este seu “irmão”, pois eu também ouso chamá-LO de PAI.

Mas nem tudo são trevas nesta vida como também nem tudo são flores, pois existem pessoas dignas de respeito e que se “arrependem” de terem dito (ou escrito) palavras ofensivas e pedem desculpas. Não há nada mais nobre do que reconhecer que foi injusta (o) com o seu semelhante e pedir de maneira honrosa as devidas desculpas. Isso sim é sinal de humildade e respeito a si mesmo. E foi isso que aconteceu com uma colega poetisa que imaginou ter sido grosseira comigo e solicitou-me desculpas, consoante o e-mail abaixo. Ela vai me ler e saberá que eu falo a verdade, pois têm pessoas que acham que eu perderia o meu tempo para criar esta situação. Eu jamais faria isso. Leiam o contido no e-mail da colega:
Assunto: Grosseria
  Nome: (não vou expor a colega)
 E-mail: nem o seu e-mail@gmail.com
  IP: ???
 
  Mensagem:
 
 
 Fui indelicada contigo;
  Peço desculpas.
  Muito possível que estivesse num mal momento.
  Abraço.
 


E ainda tem uma colega que se identificou como “apenas uma leitora”, num dos meus textos, que me teceu elogios “imerecidos”. Eu lhe sou grato pela sua solidariedade e lhe confesso que recebi um e-mail indelicado dizendo que você deve estar querendo se candidatar para ser minha amante. Eu confesso que ri muito, mas lhe aceitaria pronta, incondicional e definitivamente. Uma mulher que discorre um comentário lindo e irrepreensível como o seu, dispensa qualquer apresentação. Eu reconheço uma linda menina mulher nas suas bem traçadas linhas; você me encantou sobremaneira. Você é linda! Beijos mil! Há gente e “gentinha” neste mundo cão que vivemos! Paz e luz aos meus desafetos! Mais flores; menos pedras!




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   335   336   337   338   339   340   341   342   ...   354


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal