[A vida como ela é] Aquela simpática senhora!


As mulheres amam os canalhas!



Baixar 2,07 Mb.
Página330/354
Encontro29.11.2019
Tamanho2,07 Mb.
1   ...   326   327   328   329   330   331   332   333   ...   354
As mulheres amam os canalhas!

Desde a minha adolescência eu tenho percebido esta tendência feminina de amar os mentirosos, vagabundos, drogados e canalhas entre outros desqualificados. As meninas da minha época nunca se interessavam por mim e pelos meus amigos pobres e honestos, mas trabalhadores e sinceros. Elas admiravam sempre os filhinhos de ricos que ostentavam “poder” e empinavam suas motos diante dos olhos enfeitiçados delas. A mim elas desviavam seus olhares e só me reconheciam no momento em que as professoras diziam que a prova seria realizada em duplas e que cada aluno (a) escolhesse o seu par; choviam interesseiras em fazer a prova comigo e aí era a minha vez de esnobá-las ficando sempre com a mais humilde e simpática.

A mulher tem esta opção abjeta por homens mais velhos quando são adolescentes e jogam uma vida promissora em troca de mentiras que ouvem desses astutos vagabundos e canalhas que em quinze minutos fazem a cabeça da “idiota” e estragam para sempre a vidinha de muitas delas. A mulher “amadurece” fisicamente mais cedo que o homem, mas se deixa levar por argumentos de safados com mais facilidade e depois se dão mal na vida. Tantas meninas lindas estão varrendo as ruas aqui na cidade e trabalhando como recicladoras porque abandonaram seus estudos por causa de bandidos e agora sustentam sua prole com o mísero salário que ganham.

Alguns leitores devem estar dizendo, cada qual faz o que quer com a sua vida, e eu não discordo e por isso não lançaria minha vida no latão de lixo como fazem estas incautas e “ingênuas meninas mulheres”. Elas desprezam o conselho de pai e mãe que as criaram por dezesseis ou até dezoito anos e se entregam ao primeiro canalha que aparece em menos de dezoito minutos de conversa mentirosa ou ainda em menos de dezoito dias ou dezoito meses.

Pobres e infelizes são estas meninas que ambicionam tudo, menos o conhecimento de si própria e do homem que elas devem escolher para serem seus fieis companheiros para uma vida toda. Aqui em minha cidade tem vários exemplos e um bem chocante que é de uma linda jovem, filha de família tradicional da cidade, que está presa por envolvimento com tráfico de drogas; pobre pai e mãe que são exemplos de religiosidade e que devem estar sofrendo por demais.

Ainda tem o caso do filho de um psicólogo com uma excelente médica que é o oposto do irmão e que chega a roubar os bens da casa para trocar com drogas. Isso é muito triste e eu sinto pena destas lindas mulheres que não tinham olhos para mim e que hoje me olham com admiração e interesse. Na época de escola eu não servia para ser companhia delas e agora o jogo mudou e eu sinto que elas me desejam, digo, desejam o que sempre desejaram que era vida mansa ao lado de um canalha que lhes prometiam tudo para obterem somente o que eles queriam retirar delas que eram a pureza de todas. Eles queriam apenas sexo e elas lhes fartavam disso em troca de promessas nunca realizadas. Imbecis! O jogo mudou e eu nunca desejei vocês porque sabiam que vocês eram medíocres, idiotas e interesseiras. Mulheres cultas, inteligentes e humildes são as minhas preferidas. E está dito!

Querido, hoje tudo mudou”!



Querido, eu hoje tomei uma decisão difícil, terminar, acabar seja lá o que for, o que nem mesmo começou; amor virtual é assim mesmo não se dança com um amor virtual e só se passa o tempo.

Acho que não sou digna de um homem tão inteligente e culto como você. Mal sou alfabetizada e cheia de defeitos; um pior que outro, eu não lhe mereço e você não me merece. Você merece coisa melhor e, talvez, no baile encontre coisa melhor.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   326   327   328   329   330   331   332   333   ...   354


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal