[A vida como ela é] Aquela simpática senhora!


Meu codinome é ASSUSTADOR!



Baixar 2,07 Mb.
Página309/354
Encontro29.11.2019
Tamanho2,07 Mb.
1   ...   305   306   307   308   309   310   311   312   ...   354
Meu codinome é ASSUSTADOR!

Eu rio sobremaneira quando alguém me pergunta de qual presídio eu estou escrevendo, como se fosse possível que os “presidiários” pudessem ter em suas celas um computador à disposição de cada um. Eu fui preso militar e não sou mais; sou militar e professor revisor. Chega de falar de mim, pois se querem saber é muito simples, basta que leiam meus primeiros cinquenta e um textos ou então meu e-livro “A PRISÃO É UM CÂNCER NA ALMA”.

Talvez seja por isso que poucos me leem porque me imaginam um cara sem cultura, desinformado, “periculoso”, idiota, etc. e tal. Sou exatamente o contrário, perscrute o meu universo literário e verá que aqui tem muita gente “bonitinha” que não sabe o elementar da Língua Portuguesa; não é o meu caso. E por eu ser modesto, não direi de novo quem eu sou. Se for do seu interesse, procure nas minhas mal traçadas linhas saber quem eu sou; além de “fingidor” como o poeta português Fernando Pessoa.

Ao presidiário não é dado o luxo de ter computador, exceto aos figurões da política e aos magistrados; estes sim fazem com que a Lei sempre os favoreça. Mas na prisão militar onde eu passei “minhas merecidas férias” de quase três anos por um crime que praticaram para mim, tinha computadores somente para os nossos algozes. Era permitido aos fumantes que fumassem, mas aos alcoólatras não era permitido beberem; que "injustiça"! O PMRG (Presídio Militar Romão Gomes), em São Paulo é uma afronta aos demais presos e à sociedade porque lá é uma colônia de férias para bandidos militarizados. Eu não sou, nunca fui e jamais serei um bandido; aliás, bandidos foram os que me prenderam por um “falso Desacato” por um tempo absurdo deste.

Portanto, não me temam ou vão me matar de rir com perguntas insalubres! Ah! Se todos os presidiários fossem como este cronista menor, nem haveria necessidade desses "homens da lei" que se alimentam como os “vermes”, pois somente prendem “cachorros mortos” e prendem somente aqueles que estão condenados à letra “P”, ou seja, preto, pobre e puta! Dá vontade de rir. São os miseráveis da sociedade que alimentam Polícias, Delegados e seus asseclas, Promotores, Juízes, Desembargadores, Políticos, Magistrados em geral e Ministros do Supremo e etc. Não há “ricos” nas prisões porque o dinheiro compra a liberdade das grades e quem pode pagar mais tem sempre os melhores Advogados que são corrompidos e corruptíveis. E depois que o Ministro Joaquim Barbosa afirma que sentenças são “negociadas” (nos Tribunais), seus correligionários o condenam de “ovelha negra”; para mim ele é a única “ovelha branca” daquele Superior Tribunal Federal! E está dito!




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   305   306   307   308   309   310   311   312   ...   354


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal